Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 16/12/2013 - 10h00
Postado em Suinocultura

16/12/2013 10h00 - Postado em Suinocultura

Dinheiro no bolso

As vantagens da silagem do grão úmido de milho para reduzir custos

corte de milho para silagemNo último dia 25, na Comissão Técnica de Suinocultura da FAEP, o engenheiro agrônomo e consultor Osny Waltrick apresentou a forma correta de produzir a silagem de grão úmido e as vantagens do seu uso. Segundo Waltrick, o uso da silagem úmida aumenta em 10% o lucro da suinocultura; melhora a conversão alimentar e proporciona uma redução de custos com ração para o suinocultor na ordem de 19%.

Traduzindo esse percentual em números um produtor da região Sudoeste, por exemplo, que tenha 200 matrizes e faça o ciclo completo, gasta R$945 mil com a ração seca e com a silagem úmida esse valor cai para 850 mil – uma economia de quase 100 mil reais. “Para o produtor independente é uma boa alternativa de viabilizar a suinocultura”, comenta o representante do Sindicato Rural de Pato Branco na comissão, que também é presidente da Associação Regional Sudoeste de Suinocultores e vice-presidente da Associação Paranaense de Suinocultores, Jacir Sosé Dariva.

Dariva usou a silagem durante 15 anos nas duas granjas (cada uma com mil matrizes), mas teve que trocar o tipo de ração há quatro anos quando deixou de ser produtor independente e passou a ser integrado. Além da grande experiência com a silagem o produtor fez um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) em uma especialização sobre o Agronegócio com o tema “Consumo de silagem para as fêmeas”.

“Se você me perguntar se eu voltaria a usar a silagem, não tenha dúvida que sim. Além da questão econômica o rendimento dos animais é extraordinário. Nos meses de verão as fêmeas tem uma tendência a rejeitar a ração seca, com a silagem isso nunca aconteceu. É um alimento mais saboroso e uma forma de manter a produtividade em alta na granja. O único entrave é a mão de obra que anda escassa no meio rural”, finaliza o produtor.

Leia a matéria completa no Boletim Informativo

Título da Postagem: Dinheiro no bolso

imprensa@faep.com.br