Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 13/03/2014 - 14h33
Postado em Agronegócios, Notícias, Sanidade

13/03/2014 14h33 - Postado em Agronegócios, Notícias, Sanidade

Conselhos Municipais de Sanidade Agropecuária serão fortalecidos no Paraná

A intenção é envolver entidades da iniciativa privada e órgãos públicos na participação efetiva da agenda de defesa e vigilância da agropecuária no Estado

sanidadeCom o objetivo de fortalecer e dinamizar a ação dos 364 Conselhos Municipais de Sanidade Agropecuária em todo o Paraná, a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento promoveu na quarta-feira (13), em Curitiba, uma reunião com os principais dirigentes das entidades públicas e privadas para estabelecer uma nova estratégia de atuação para os conselhos.

A intenção é envolver entidades da iniciativa privada e órgãos públicos na participação efetiva da agenda de defesa e vigilância da agropecuária no Estado, que visa elevar ainda mais o padrão de produção da agropecuária paranaense.

No encontro, que teve à frente o secretário estadual da Agricultura, Norberto Ortigara, foram definidos novos rumos para o sistema dos conselhos municipais pelas entidades que estão preocupadas em manter e ampliar a sanidade dos produtos produzidos no Paraná.

Entre as decisões está a criação de um grupo gestor, já instituído, que vai motivar e provocar a participação dos conselhos municipais representados pela sociedade civil organizada. Já existem duas grandes ações em campo que necessitam do envolvimento e da participação atuante dos conselhos municipais – a campanha Plante Seu Futuro, que visa a redução da aplicação de agroquímicos nas lavouras, e o programa de Erradicação da Tuberculose e Brucelose, que busca elevar o padrão de qualidade do leite. São ações previstas para este e para os próximos anos, que terão impacto direto nas atividades e geração de renda dos produtores e em toda a cadeia produtiva. “Por isso necessitamos da participação efetiva da sociedade”, justificou Ortigara.

Haverá uma coordenação de grupo estadual e outras quatro coordenadorias regionais que vão contar com o trabalho integrado da Adapar e Emater. O gestor da coordenação estadual será o engenheiro agrônomo da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Marcelo Silva. Vão integrar o grupo os representantes do Fundo de Desenvolvimento da Pecuária (Fundepec), Celso Doliveira, e os técnicos da Emater, Angelo Garbosa e Antonio Carlos Maurina.

A orientação é para que o grupo esteja presente nas várias regiões do Estado para organizar a agenda das demandas regionais e incluir também as demandas estaduais na ação dos conselhos. Outra função é que tenha capacidade para unir os vários elos da cadeia produtiva, no município, nas reuniões para a tomada de decisões que vão influenciar as atividades de cada um em seus locais de atuação.

O diretor presidente da Adapar, Inácio Afonso Kroetz, defendeu o fortalecimento da relação entre a entidade e os conselhos para que conheçam mais das atividades e atribuições da Adapar, empresa vinculada à secretaria estadual da Agricultura, responsável pela vigilância, fiscalização e defesa agropecuária.

O representante da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Ronei Volpi, defendeu a atuação dos conselhos como multiplicadores de ações e também uma forma de incorporar os parceiros que estão fora do processo das boas práticas de produção.

Ortigara falou da importância dos conselhos nos municípios. “Os esforços de todas as entidades resultaram na abertura do mercado de exportações de carnes, que estava suspenso há nove anos no Estado”, disse. Ele defendeu o fortalecimento dessas entidades para enfrentar os desafios previstos para o futuro. O secretário explica que graças a esse trabalho integrado foi possível enfrentar com sensatez a ameaça da lagarta helicoverpa armígera, o que evitou a compra excessiva de agrotóxicos, que poderia comprometer o custo financeiro do plantio.

Também participaram da reunião o diretor-presidente do Instituto Emater, Rubens Niederheitmann, os representantes Faep, Antonio Poloni, e do Conselho Estadual de Sanidade Agropecuária (Conesa) Aureliano Menarim.

 

Fonte: Agência de Notícias do Paraná – 13/03/2014

Título da Postagem: Conselhos Municipais de Sanidade Agropecuária serão fortalecidos no Paraná

imprensa@faep.com.br