Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 18/02/2016 - 14h01
Postado em Destaques

18/02/2016 14h01 - Postado em Destaques

Conjuntura – Situação das safras

A produtividade estimada da soja é de 3.436 kg/ha, 3% acima da safra 14/15

Fernando Aggio
Engenheiro-agrônomo da FAEP

1. SOJA – Estimativas e condições da cultura no Estado

A safra se encontra com 41% da área colhida no Paraná. 49% encontra-se no estádio de maturação, 44% em frutificação e 7% no estádio de floração. 82% considerada em boas condições, 16% em médias condições e 2% condições ruins.

Área plantada se concretizou em 5.262.381ha, 3% maior que a safra anterior. A produtividade estimada é de 3.436 kg/ha, 3% acima da safra 14/15 e a produção esperada é acima de 18 milhões de toneladas, 7% maior em relação a safra anterior. A cultura se recuperou do excesso de chuvas e baixa luminosidade registradas no mês de novembro e dezembro, apresentando um desenvolvimento normal nos estádios reprodutivos.

A ocorrência de lagartas foi menor do que nos anos anteriores, sendo necessárias menos intervenções com inseticidas. Ataques de percevejos se intensificaram no mês de fevereiro principalmente nas áreas de plantio mais tardio, mas o controle está adequado. Ferrugem asiática ocorrendo em todas as regiões do estado, com controle satisfatório.

Na região Norte do Estado as chuvas ocorridas no mês de janeiro deixaram várias estradas em condições ruins e algumas pontes ruíram nas regiões de Londrina e Maringá. A colheita na região está adiantada e houve um aumento no custo do frete principalmente devido a utilização de estradas alternativas que aumentaram a distância percorrida até o recebedor.

2. MILHO 1ª safra – Estimativas e condições da cultura no Estado

A 1ª safra está com 24% da área colhida e o produto apresenta boa qualidade. O milho que ainda está no campo está com 1% no estádio de floração, 40% na frutificação e 59% em estádio de maturação fisiológica. 90% considerada em boas condições, 9% em condições médias e 1% em condições ruins. A área total plantada é de 425.472 ha, sendo 22% menor do que a safra do ano anterior e a produção esperada é de 3.615.055 t, também 22% menor do que a produção anterior. A produtividade esperada é de 8.503 kg/ha, 1% menor do que a safra 2014/2015.

3. MILHO 2ª safra – Estimativas de plantio e condições da cultura no Estado

A 2ª safra está com 60% da área plantada, índice puxado pelas regiões de Toledo e de Pato Branco que estão finalizando o plantio. As condições da lavoura são as seguintes: 40% em germinação, 60% em desenvolvimento vegetativo. 98% considerada em boas condições e 2% em condições médias. Ataques de percevejos em quase todas as áreas, sem danos maiores para a cultura devido ao bom controle com inseticidas.
A área total plantada é de 2.028.225ha, sendo 5% maior do que a safra do ano anterior e a produção esperada é de 11.812.181 t, 2% maior do que a produção da 2ª safra de 2015. A produtividade esperada é de 5.824 kg/ha, 3% menor que a safra do ano passado.

4. FEIJÃO 1ª safra – Estimativas de plantio no Estado

O Feijão 1ª Safra está com 91% da área colhida e a previsão de produção é de 294.540 toneladas, 9% menor do que a safra anterior. A área de plantio foi de 180.244 ha, 6% menor que a safra anterior. A produtividade esperada inicialmente era de 1.812 kg/ha mas devido às chuvas na colheita a estimativa caiu para 1.665 kg/ha, 2% menor do que a safra 2014/15. 44% do feijão a colher apresenta boas condições, 45% médias condições e 12% condições ruins. 77% está no estádio de maturação e 23% em frutificação.

5. FEIJÃO 2ª safra – Estimativas de plantio no Estado

A 2ª safra de feijão tem uma previsão de plantio de 202.222 ha, 3% menor que a 2ª safra do ano anterior. A produção estimada é de 391.431 toneladas, 2% maior que a anterior e com rendimento estimado em 5% acima da 2ª safra 14/15 com 1.936kg/ha.
Está com 79% da área plantada, 19% em estádio de germinação e 81% em desenvolvimento vegetativo. 86% das lavouras em boas condições, 12% em médias condições e 2% em condições ruins de desenvolvimento.

6. TABELAS COMPARATIVAS SOJA/MILHO/FEIJÃO – SAFRAS 14/15 E 15/16 

tabela 1 final

Tabela 2 – Preços Médios Recebidos pelos produtores

tabela 2

7. Fontes consultadas:
– SEAB/DERAL
– Consórcio Antiferrugem, http://www.consorcioantiferrugem.net/portal/
– Informativo Plante seu Futuro (12/02/2016)
– Comissão Técnica de Cereais Fibras e Oleaginosas: José Antonio Borghi (Maringá), Nelson Paludo (Toledo), Anton Gora (Guarapuava), Getulio Ferrari Jr. (Campo Mourão), Eduardo Medeiros Gomes (Castro).

Título da Postagem: Conjuntura – Situação das safras

imprensa@faep.com.br