Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 14/12/2018 - 09h12
Postado em Ágide Meneguette, Destaques, Notícias, Programa Empreendedor Rural

Confira o discurso do presidente do Sistema FAEP

Ágide Meneguette destacou os programas desenvolvidos pelo SENAR Paraná que já capacitaram milhares de produtores e trabalhadores rurais, de todas as idades, em todas as regiões do Estado

O Brasil fez a sua escolha e espero que tenha acertado. O importante é que houve uma participação popular com nunca se viu em nosso país. E isso é muito bom.  Bom para a democracia, porque nossa sociedade está demonstrando o seu grau de politização. Agora não pode haver erro. O país não resiste a mais recessão, desemprego, desesperança. O novo Governo precisa agir rápido, com sabedoria, acima dos interesses corporativos. O interesse é o bem-estar do nosso povo e o desenvolvimento econômico que dará base a este bem-estar.

O mesmo desprendimento, imparcialidade, sabedoria esperamos de nossos parlamentares e do novo governo do Paraná. O nosso novo governador, Carlos Massa Júnior, recebeu o comando do nosso Estado numa votação consagradora e, desta forma, uma responsabilidade imensa de administrar uma sociedade que tem no agronegócio a sua grande vocação. Tenho a certeza de que ele vai realizar uma administração inteligente e produtiva para o Paraná.

Mas não podemos esperar tudo de nossos governantes e parlamentares. Temos que fazer a nossa parte. Nós somos trabalhadores e produtores rurais, reconhecidamente o setor econômico que tem dado suporte a economia brasileira nessas últimas décadas, com consecutivos recordes de produção. Produção que possibilita ao país saldos positivos na sua balança comercial há vários anos. Foi a partir desta constatação que o nosso setor passou a ser olhado de um modo diferente, com mais respeito. Afinal, a nação teve que reconhecer o valor do produtor rural, embora ainda existam preconceitos inexplicáveis.

Mas, como diz o ditado: ”os cães ladram e a caravana passa”. Vamos continuar produzindo e usando os insumos indispensáveis para isso, mesmo que alguns, por puro desconhecimento das ciências agrárias, insistem em não querer.

Uma prova de que estamos avançando rapidamente nas novas tecnologias está aqui, hoje, nas pessoas dos empreendedores rurais, dos jovens agricultores aprendizes, nas mulheres que estão, cada vez mais, e para o nosso bem, assumindo as rédeas dos empreendimentos agropecuários. Elas fazem parte do nosso programa “Mulher Atual” e muitas delas do Empreendedor Rural.

Aqui estão também as lideranças do meio rural, grandes responsáveis pelas mobilizações em favor dos justos interesses dos produtores e suas famílias.

Os programas para jovens promovidos pelo SENAR Paraná já capacitaram, dentro do que permite a lei, mais de 50 mil jovens, aptos a enfrentarem a gestão de propriedades e a frequentarem os mais de 300 títulos de cursos oferecidos pelo SENAR Paraná. O número de trabalhadores e produtores capacitados supera a casa de 1 milhão e duzentos mil, desde as mais simples tarefas do campo, até as de grande complexidade que exigem conhecimentos para lidar com as modernas tecnologias.

O Programa Empreendedor Rural, que hoje encerra mais uma etapa, já capacitou mais de 23 mil trabalhadores e produtores rurais, em cursos onde a tônica é trabalhar a área rural através de projetos, dentro de modernas técnicas de gestão e tecnologia. O Empreendedor Rural é uma parceria entre o Sistema FAEP/SENAR-PR, o Sebrae Paraná e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetaep) que tem dado excelentes resultados e que tem ajudado a manter o nosso Estado na vanguarda do agronegócio.

A produção agropecuária está se tecnificando rapidamente, com a introdução de novos processos e novos equipamentos. Hoje, o produtor não precisa mais percorrer a lavoura para verificar como ela está. Manda um drone. Há tratores que nem condutores precisa. As máquinas e equipamentos estão cada vez mais sofisticados e exigindo capacitação cada mais apurada de seus operadores, o que exige por sua vez, além de um planejamento correto por parte do produtor, um conhecimento cada vez maior do comportamento dos mercados.

O SENAR Paraná vem se especializando nesta área moderna para acompanhar o desenvolvimento da agropecuária e poder transmitir conhecimento aos trabalhadores e produtores rurais. Esse desenvolvimento começa a ser exponencial, não apenas pelos novos equipamentos, mas com sementes mais produtivas e formas de combate a pragas e doenças mais eficazes. Quanto a este último item, infelizmente, o Brasil ainda está atrasado em relação ao resto do mundo em face da burocracia que envolve a aprovação de novos produtos para uso nas lavouras. Espero, contudo, que o novo Congresso Nacional se conscientize da necessidade da aprovação da nova lei dos agroquímicos que, além de permitir um combate mais eficiente a pragas e doenças, sendo muito menos agressivos a quem os manipula.

A burocracia é um dos fatores que mais atrasa a nossa produção. Como não pode ser banida, precisa ser urgentemente repensada. Como ao Brasil está destinado ser um grande fornecedor de alimentos para o mundo e como o Paraná é um dos principais produtores agropecuários de nosso país, creio que o próximo Governo, tanto do da República como o do Estado, deve se preocupar e com um interesse especial a respeito da produção rural, para que ela continue a ser um dos principais esteios da economia brasileira, dando a base indispensável ao desenvolvimento do agronegócio. E que esses empreendedores e jovens possam exercitar tudo que aprenderam e o que vão aprender ainda, para ajudar a construir um pais melhor, mais digno e feliz.

Eu agradeço a presença de todos, (em especial à nossa governadora Cida Borghetti e ao governador eleito Carlos Massa Júnior) às autoridades que atenderam ao nosso convite, aos empreendedores, aos jovens, às mulheres que participaram de cursos do Senar, às nossas lideranças, aos técnicos e dirigentes do Sebrae, da Fetaep e do Sistema FAEP/SENAR-PR que tornaram possível este encontro.

Ágide Meneguette

Presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR

Título da Postagem: Confira o discurso do presidente do Sistema FAEP

imprensa@faep.com.br