Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 09/08/2012 - 12h00
Postado em Notícias

09/08/2012 12h00 - Postado em Notícias

Conab divulga levantamento de Safras 2011/2012

A produção brasileira de grãos na safra 2011/12 está prevista em 165,92 milhões de toneladas, cerca de 1,9% superior ao ano de 2010/11 (162,8 milhões de toneladas). O aumento foi de 3,12 milhões de toneladas. Já a área plantada tem estimativa de 50,81 milhões de hectares contra 49,87 milhões de hectares da safra 2010/11. É […]

A produção brasileira de grãos na safra 2011/12 está prevista em 165,92 milhões de toneladas, cerca de 1,9% superior ao ano de 2010/11 (162,8 milhões de toneladas). O aumento foi de 3,12 milhões de toneladas. Já a área plantada tem estimativa de 50,81 milhões de hectares contra 49,87 milhões de hectares da safra 2010/11. É o que apontam os dados do décimo primeiro levantamento de safras divulgado hoje pela CONAB.

 

A produção total de milho (safra verão mais safrinha de inverno) soma 72,7 milhões de toneladas, ou seja, uma elevação de 26,8%, equivalente a 15,3 milhões de toneladas.

 

Vale ressaltar a produção de milho 2ª safra, totalizando um recorde de 38,6 milhões de toneladas, com crescimento de 72% sobre a safra 2010/11 (22,4 milhões de toneladas).

 

O Paraná, principal produtor de milho tem produção estimada em 17,1 milhões de toneladas e produtividade acima da média nacional, prevista em 5.707 quilos por hectare.  Para o milho 1ª safra, a produção prevista é de 6,6 milhões de toneladas e produtividade média de 6.800 quilos por hectare. Já o milho 2ª safra tem previsão de 10,5 milhões de toneladas e produtividade média de 3.610 quilos por hectare. O Paraná deverá produzir a maior safrinha de milho desde a década de 70.

A cultura da soja tem estimativa de produção de 66,4 milhões de toneladas, uma queda de 12% ou 8,9 milhões em relação à safra 2010/11, resultado da estiagem que atingiu a região Sul do país.  A produtividade ficou em e 2.656 kg por hectare contra 3.115 da safra 2010/11.

A produção paranaense na safra 2011/2012 tem previsão de 10,9 milhões de toneladas e uma produtividade de apenas 2.455 quilos por hectare contra 3.360 quilos por hectare obtidos na safra 2010/11.

A Conab trabalha com uma produção para o feijão de 2,9 milhões de toneladas (as três safras), inferior à produção passada, que foi de 3,73 milhões de toneladas.  O Paraná, principal produtor, deverá produzir apenas 666,5 mil toneladas, com produtividade média de 1.393 quilos por hectare.

Quanto ao trigo, a produção brasileira está prevista em 5,3 milhões de toneladas e uma produtividade média 2.818 quilos por hectare.  A produção brasileira deverá cair 8,0% em relação à safra anterior (5,78 milhões de toneladas). O Paraná, hoje segundo produtor nacional, atrás do Rio Grande do Sul, tem previsão de produzir 2,22 milhões de toneladas e uma área plantada de apenas 765,2 mil hectares, a menor área dos últimos 37 anos. A redução de área no Paraná foi de 27% sobre a área plantada na safra anterior (1,04 milhão de hectares). Em 6 de setembro a Conab divulga o último levantamento da safra 2011/12.

Gilda M. Bozza – Economista – DTE/FAEP

imprensa@faep.com.br