Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 15/04/2015 - 11h33
Postado em Agronegócios

15/04/2015 11h33 - Postado em Agronegócios

Com atraso e mirando recorde, Paraná inicia plantio de trigo

Paraná busca colheita recorde do cereal na próxima safra

O plantio da nova safra de trigo do Paraná, que pode ser recorde, começou com duas semanas de atraso na comparação com a temporada passada, por efeito do tempo seco e com produtores bastante concentrados na finalização da semeadura do milho segunda safra, afirmou terça-feira (14) o Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (Seab).

O órgão que 1% da área estimada em 1,35 milhão de hectares havia sido plantada até segunda-feira (13). Em 14 de abril de 2014, o Paraná havia semeado 7% área. Na média dos últimos anos, o porcentual de plantio atingiu 9% nesta mesma época.

Uma boa safra no Paraná, líder na produção nacional, pode reduzir a necessidade de importação do Brasil, que compra no exterior de mais de 6 milhões de toneladas ao ano, ou cerca de metade do consumo doméstico.

“[A safra] Deve ser um pouco por conta da seca, um período em que não teve um volume grande de chuvas. O produtor está esperando um momento melhor, apesar de [o clima] não ser empecilho no momento, ele pode plantar no pó”, afirmou o engenheiro agrônomo do Deral, Carlos Hugo Godinho.

Ele aponta que está chovendo nesta terça-feira no Paraná e mais precipitações são esperadas para os próximos dias no estado, o que deverá dar mais segurança para o produtor plantar o cereal.

O atraso, ressaltou Godinho, não chega a ser um problema para o desenvolvimento do cereal no momento, uma vez que ainda há tempo para recuperação, com o zoneamento agrícola permitindo o plantio até o início de maio em áreas que começam os trabalhos mais cedo.
“A partir de agora, talvez já comece a se intensificar, mas os poucos que plantaram estão com condição boa [na lavoura]“, declarou.

O Deral projeta uma safra recorde de 4 milhões de toneladas de trigo, crescimento de 7% ante a temporada anterior, com produtividades mais elevadas esperadas compensando um recuo de 3% na área plantada.
Fonte: Reuters – 15/04/2015

Título da Postagem: Com atraso e mirando recorde, Paraná inicia plantio de trigo

imprensa@faep.com.br