Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 19/02/2015 - 09h22
Postado em Grãos, Soja

19/02/2015 09h22 - Postado em Grãos, Soja

Colheita da soja chega a 98% em Palotina (PR)

Expectativa é de perda entre 15% a 20% na produtividade das plantas por causa do clima

Safra 2014/15: Colheita da soja chega a 98% em Palotina (PR), mas a expectativa é de perda entre 15% a 20% na produtividade das plantas. Situação é decorrente do clima irregular em algumas localidades do município. Cerca de 90% da área já foi plantada com o milho safrinha, mas o ataque do percevejo já preocupa os produtores e custos estão mais altos. Saca da soja é cotada a R$ 57,50 e do milho a R$ 21,00 na região.

A colheita da soja já alcança 98% da área cultivada nesta safra na região de Palotina (PR). Porém, com o clima irregular ao longo do desenvolvimento da cultura, a perspectiva inicial é de perdas entre 15% a 20% na produtividade das plantas. No momento, as chuvas regularizaram e têm beneficiado as lavouras de milho safrinha.

Segundo o presidente do Sindicato Rural do município, Nestor Antônio Araldi, em torno de 30% da cidade ficou com precipitações irregulares e altas temperaturas, situação que resultou em uma queda no rendimento das plantações. “Nessas áreas tivemos perdas de até 60% na produção, com produtividade de 70 sacas do grão por alqueire, já nas outras áreas, o rendimento atingiu até 150 sacas por alqueire. Na média, o município deverá fechar a safra com 125 sacas por alqueire”, destaca.

Já em relação às pragas, o presidente sinaliza que, não houve tanta preocupação nesta safra, em comparação com anos anteriores. Por outro lado, os preços da saca da oleaginosa estão abaixo do registrado no ano passado. Atualmente, a saca é cotada a R$ 57,50 na pedra, em 2014, o valor estava em R$ 63,50.

“Ainda acho que dará para fechar as contas, salvo os produtores que tiveram problemas em relação à produtividade. Mas, na safrinha, o cenário é diferente, temos custos mais altos, como os insumos, defensivos, que subiram em função do dólar e também o óleo diesel. Então, na segunda safra não sabemos se irá sobrar dinheiro ou não. Sem contar que a valorização do câmbio já é uma preocupação dos produtores para a próxima safra”, diz Araldi.

Safrinha de milho

Até o momento, o plantio do milho safrinha já atinge 90% da área projetada para essa safra. Por enquanto, o retorno das chuvas tem favorecido o desenvolvimento das plantas. No entanto, o aparecimento do percevejo nas plantas tem preocupados os agricultores e já impacta os custos de produção.

“E com o tempo chuvoso não estamos conseguindo entrar nas lavouras para fazer o controle da praga. Em média, os produtores realizam 2 aplicações até a planta atingir o porte médio, mas, nesta temporada, o número chega a 3 ou aplicações. Mas os custos já estão mais altos”, explica o presidente.

A saca do milho é negociada a R$ 21,00 na localidade, no ano passado, o valor estava em R$ 23,20 a saca.

Fonte: Notícias Agrícolas – 19/02/2015

Título da Postagem: Colheita da soja chega a 98% em Palotina (PR)

imprensa@faep.com.br