Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 07/07/2016 - 15h33
Postado em Avicultura, Destaques

07/07/2016 15h33 - Postado em Avicultura, Destaques

Centro de Treinamento Assis Chateaubriand é referência para a avicultura do Paraná

Localizado em de Assis Chateaubriand, aviário com o modelo dark house (casa escura) conta com modernas instalações e equipamentos

Em julho do ano passado, o casal Micheli Fagundes Januário e Adilson Cândido Januário, de Assis Chateaubriand, no Oeste paranaense, decidiu mudar de vida e encontrou no SENAR-PR todo o apoio necessário. No Centro Tecnológico de Avicultura do Paraná, eles fizeram o curso Trabalhador na Avicultura de Corte – operação de controladores de ambiência para aviários. De julho para cá, a rotina do casal mudou completamente. Micheli, que trabalhava com costura, e Adilson, bancário na época, assumiram a administração de uma granja com 66 mil aves, a três quilômetros de Assis Chateaubriand.

“A gente não tinha nenhuma experiência nesse setor e o curso foi fundamental para termos sucesso na nova atividade”, conta Micheli. Segundo ela, desde o primeiro lote de frangos o casal foi melhorando o manejo, de olho na ambiência, ventilação das granjas, entre outros fatores. Enquanto Micheli é a encarregada pela parte que envolve o uso de equipamentos, como painéis controladores, por exemplo, Adilson cuida da nutrição das aves. Com o curso vieram os bons resultados: “Aumentamos em R$ 2 mil a nossa renda”, revela Micheli.

O caso dos Januário é um retrato de como a capacitação faz a diferença e possibilita a viabilidade de uma atividade. Nesse contexto, está inserido o Centro Tecnológico de Avicultura do Paraná, inaugurado em 2014. Instalado numa área de área de 1.210,46 m² do Centro de Treinamento Agropecuário (CTA) de Assis Chateaubriand, o aviário com o modelo dark house (casa escura) conta com modernas instalações e equipamentos, como painéis controladores, placa evaporativa, túnel door, linhas de comedouro automático e uma ampla sala de aula climatizada.

Desde a sua inauguração, até o último dia 10 de junho, 743 participantes concluíram o curso Trabalhador na Avicultura de Corte – operação de controladores de ambiência para aviários e, desse total, 706 foram aprovados. O Centro se tornou uma referência no país e gente de outros Estados se dirige a Assis Chateaubriand em busca de capacitação. É o caso do pecuarista José Roberto de Câmara Belmont, 50 anos, de Tocantins.

Através de buscas e pesquisas na internet por modelos do uso de alta tecnologia na avicultura, ele descobriu o Centro e vai participar do curso no período de 11 a 13 de julho. Filho de um dos pioneiros na avicultura de corte em Paudalho, em Pernambuco, na década de 70, ele dedicou boa parte da sua juventude na administração das granjas da família. Hoje, pretende investir novamente na criação de frangos. “A capacitação no Centro vai ser imprescindível para o enriquecimento dos meus estudos no planejamento da viabilidade do meu projeto, principalmente para minha atualização com o uso de novas tecnologias. É o caso do sistema dark house”, observa José Roberto.

Assim como ele, produtores do Mato Grosso do Sul, mobilizados pelo SENAR-MS, vieram a Assis Chateaubriand para fazer o treinamento no curso de avicultura. Duas turmas, no último mês de abril, participaram da capacitação.

Segundo a zootecnista Daniella Sgarioni de Faria, técnica do SENAR-PR responsável pelos cursos de avicultura, a busca pelo curso tem aumentado cada vez mais, tanto pelas cooperativas como integradoras. “Essa procura ocorre em função da operação dos controladores de ambiência por parte dos avicultores cooperados/integrados. Até mesmo pelos próprios avicultores de diferentes regiões do Estado que solicitam o curso aos sindicatos ou diretamente ao CTA. Além disso, pela procura de avicultores de outros Estados. Tudo isso só confirma o quanto o Centro Tecnológico de Avicultura tornou-se referência em treinamentos para a ambiência na avicultura industrial. Isso nos motiva a continuar pesquisando e desenvolvendo treinamentos que tragam respostas e facilitem o trabalho do avicultor”, avalia Daniella.

Parcerias

O Centro Tecnológico de Avicultura do Paraná mantém parcerias com a Copacol, Coopavel, LAR, BRF, C.Vale, Grupo Vibra, entre outras empresas.

Título da Postagem: Centro de Treinamento Assis Chateaubriand é referência para a avicultura do Paraná

imprensa@faep.com.br