Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 27/09/2012 - 12h00
Postado em Notícias

27/09/2012 12h00 - Postado em Notícias

Brasil deve produzir mais de 80 milhões de toneladas de soja

Na última segunda-feira (24) aconteceu mais uma etapa do Projeto Soja Brasil, que deu início oficialmente ao plantio da safra de soja 2012/2013 em Sorriso (MT). Autoridades e lideranças do setor estiveram presentes no evento, entre elas o Ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, e o senador do estado, Silval Barbosa. Segundo o presidente da Aprosoja […]

Na última segunda-feira (24) aconteceu mais uma etapa do Projeto Soja Brasil, que deu início oficialmente ao plantio da safra de soja 2012/2013 em Sorriso (MT). Autoridades e lideranças do setor estiveram presentes no evento, entre elas o Ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, e o senador do estado, Silval Barbosa.

Segundo o presidente da Aprosoja Brasil, Glauber Silveira, as chuvas em Mato Grosso ainda não são regulares. E a orientação é que os produtores plantem apenas quando houver maior regularidade nas chuvas.

"Não é um ano de se perder, tem que plantar para colher o melhor possível, em virtude de uma safrinha que não sabemos os preços, então temos que acertar na soja. Os produtores devem ter cautela nesse momento", afirmou Silveira.

Já em relação ao Projeto, o presidente sinaliza que a soja é a cultura mais importante do Brasil e com o lançamento oficial do plantio, em um ano simbolicamente importante, uma vez que o país pode ultrapassar a produção norte-americana. A expectativa é que a safra brasileira seja maior do que 80 milhões de toneladas, e com isso o país pode se tornar o maior produtor mundial da oleaginosa.

Apesar desse cenário otimista, os produtores se preocupam com os problemas logísticos do Brasil. "Vamos produzir muito mais, e os armazéns, as estradas, e a capacidade portuária, nós produtores estamos fazendo a nosso papel, aumentando e investindo, acreditando nesse país, mas queremos uma contrapartida", desabafou Silveira.

Ainda de acordo com o presidente, o país precisa de estradas, ferrovias, adequação nos Portos, e os produtores não podem pagar por essa falta de infraestrutura. A próxima etapa do Projeto Soja Brasil irá acontecer no dia 18 de outubro em Londrina (PR) onde será debatida a questão dos insumos.

Para o presidente da Aprosoja, Glauber Silveira, a aprovação no plenário do Senado foi um bom sinal.

Além disso, o presidente acredita que a presidenta, Dilma Rousseff, não deverá vetar nada que poderá atrapalhar o desenvolvimento do país, ou prejudicar os produtores. "Vamos torcer, para que ela entenda que aquilo é o anseio da comunidade dos produtores", finalizou.

Acrissul

imprensa@faep.com.br