Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 26/02/2016 - 17h48
Postado em Destaques, Soja

26/02/2016 17h48 - Postado em Destaques, Soja

Área de soja diminui em 2016/17 e preço em dólares é o menor desde 2011

Área menor em relação à safra 2015/16 e preço menor em relação aos últimos cinco anos são as primeiras previsões do USDA para a próxima temporada

Por: Tânia Moreira – Economista DTE | FAEP
Fevereiro 2016

Na disputa por área entre milho e soja para a próxima safra nos Estados Unidos, o milho, por hora, levou a melhor. É o que aponta a primeira projeção do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), divulgada no Agricultural Outlook Forum deste mês.

A área de soja estimada pelo USDA para a safra americana 2016/17 é de 82,5 milhões de acres (ou 33,39 milhões de hectares), que deverá ser 0,2% menor que na safra 2014/15. Em contrapartida, é projetado um aumento de 2,3% para a área de milho, resultando na projeção de plantio de 90,0 milhões de acres (ou 36,42 milhões de hectares).

As expectativas de plantio da nova safra são conduzidas sob a ampla oferta nos Estados Unidos e no mundo, com perspectiva de redução de preço e retorno dos produtores americanos, em um contexto macroeconômico de menor crescimento global e valorização do dólar. As exportações americanas enfrentam forte competição com os produtos da América do Sul, o que é motivo de pressão sobre os preços nos Estados Unidos, referência utilizada para formação dos preços brasileiros.

O dólar permanece forte em relação à moeda brasileira e argentina, e a Argentina está tomando ações para incentivar suas exportações agrícolas, como reduzir as taxas de exportação.

Os baixos retornos aos produtores americanos desestimulam o plantio de soja e trigo, mas a relação entre preço e custo ainda oferece algum suporte para o plantio de milho, incentivando a leve expansão da área, segundo o USDA.

As estimativas iniciais apontam para uma produção de 103,69 milhões de toneladas de soja nos Estados Unidos, em relação à produção recorde da safra anterior de 106,95 milhões de toneladas. A projeção de produtividade é de 52 sacas por hectare.
Para o milho a produção americana projetada é de 351,15 milhões de toneladas, em relação à produção de 345,86 milhões de toneladas da safra 2015/16. A estimativa de produtividade é de 176 sacas por hectare, equivalente a da safra passada.

Os dados serão melhores apurados no relatório de oferta e demanda do USDA do mês de março, relatando as intenções de plantio dos produtores americanos. O preço projetado para a soja é de US$ 8,50 por bushel, menor que na safra anterior e o menor desde 2011. Para milho é de US$ 3,45 por bushel, menor que os US$ 3,6 por bushel do ano anterior e o menor desde 2011.

 

PROJEÇÕES:

A

B

Título da Postagem: Área de soja diminui em 2016/17 e preço em dólares é o menor desde 2011

imprensa@faep.com.br