Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 04/11/2015 - 08h58
Postado em Agronegócios

04/11/2015 08h58 - Postado em Agronegócios

Agronegócio exporta mais e fatura menos em outubro

O milho foi o principal responsável pelo volume total embarcado em outubro, com 5,547 milhões de toneladas

Apesar da alta do dólar frente o real e do maior volume embarcado, as exportações dos setores agrícola e pecuário do Brasil têm avançado timidamente em faturamento. Na comparação com outubro do ano passado, o volume enviado ao exterior cresceu 34,98%; já em dólares, o avanço foi de apenas 0,5%. Os cálculos têm como base informações do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgados ontem (03). O levantamento mostra ainda que as exportações brasileiras das principais commodities agrícolas somaram 17,885 milhões de toneladas em outubro (21 dias úteis) – equivalentes a US$ 6,349 bilhões.

Na média diária do mês, as vendas externas de produtos agrícolas e pecuários chegaram a 851.700 toneladas, volume 47,84% maior do que a média dos 23 dias úteis de outubro de 2014. Na comparação com setembro, o aumento foi de 18,34%. Em faturamento, a média diária ficou em US$ 302,3 milhões, cifra 7,15% maior que a de setembro e 10,07% superior à de outubro do ano passado.

O milho foi o principal responsável pelo volume total embarcado em outubro, com 5,547 milhões de toneladas. O complexo soja figurou em segundo, com vendas de 4,139 milhões de toneladas, sendo que apenas soja em grão somou 2,594 milhões de toneladas; farelo ficou com 1,398 milhão de toneladas e óleo com 147 mil toneladas. Já o café registrou exportações de 3,306 milhões de toneladas. O MDIC também informou que a indústria de suco de laranja exportou 186.200 toneladas no período; açúcar em bruto vendeu 2,1 milhões de toneladas; e refinado, 487 mil toneladas. A lista segue com celulose (1,16 milhão t), carne suína in natura (44 mil t), carne bovina in natura (108.600 t), carne de frango in natura (298.400 t), couros (39.700 t), fumo em folhas (65.900 t), algodão (161.200 t) e etanol (259.100 t).

Fonte: Portal DBO/Estadão Conteúdo

Título da Postagem: Agronegócio exporta mais e fatura menos em outubro

imprensa@faep.com.br