Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 24/03/2020 - 15h56
Postado em Destaques, Sanidade

24/03/2020 15h56 - Postado em Destaques, Sanidade

Adapar define novas regras durante a pandemia do coronavírus

Durante esse período, as unidades permanecerão abertas, mas não irão realizar o atendimento presencial

Devido a pandemia do coronavírus e em consonância com os decretos do governo do estadual, a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) adotará medidas preventivas para evitar a disseminação da doença. Durante esse período, as unidades permanecerão abertas, mas não irão realizar o atendimento presencial. Os serviços serão fornecidos por meio dos sistemas automatizados, e-mail ou telefone. Para isso, os interessados devem entrar em contato via e-mail ou telefone com as Unidades Locais de Sanidade Agropecuária

Os Postos de Fiscalização do Trânsito Agropecuário (PFTAs) seguem em funcionamento. No arco norte, nas divisas com São Paulo e Mato Grosso do Sul, os postos têm servido de apoio para as ações dos órgãos de saúde e de segurança pública frente ao enfretamento da propagação do novo coronavírus.

Quanto a movimentação de animais de produção, imprescindível neste momento, a Adapar disponibiliza o serviço de emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA). Basta o produtor encaminhar um e-mail para a Unidade Local de Sanidade Agropecuária de origem da propriedade rural ou para o endereço gta@adapar.pr.gov.br.

O email deverá conter as informações: Origem (nome produtor, nome da propriedade, CPF ou CNPJ cadastrado na Adapar. Município da propriedade, telefone para contato), Destino (nome produtor, nome da propriedade, CPF ou CNPJ cadastrado na Adapar. Município da propriedade, telefone para contato), Espécie a ser transportada (bovinos, búfalos, ovinos, caprinos, suínos e/ou aves), Finalidade (abate, cria/engorda, cria/reprodução) e Número de animais a serem transportados por faixa etária. Caso exista necessidade de documentos adicionais, os fiscais dedefesa agropecuária ou assistentes de fiscalização do órgão irão informar.

Quanto aos eventos agropecuários, todos estão provisoriamente suspensos no Paraná. A medida inclui a realização de rodeios, cavalgadas, feiras agropecuárias, torneios e exposições.

Doenças

Durante a pandemia do coronavírus, as equipes da Adapar irão realizar, normalmente, o atendimento às notificações de suspeitas de doenças sob controle oficial como mortalidade de 10% em aves, mortalidade em suínos (NI 05), lesão vesicular, suspeitas de raiva, recebidas pelo e-SISBRAVET, realizadas por terceiros referentes às suspeitas de doenças emergenciais ou com mortalidade expressiva.

Quanto as notificações envolvendo animais positivos para brucelose, tuberculose, anemia infecciosa equina (AIE) e mormo, serão adotados os mesmos procedimentos de interdição, com o devido acompanhamento e realização do sacrifício ou abate sanitário, conforme as atividades que possam interferir no funcionamento de estabelecimentos, notadamente as certificações de granjas GRSC e de reprodução avícola, deverão ser realizadas com menor número de pessoas envolvidas e com a programação agendada junto às empresas.

Título da Postagem: Adapar define novas regras durante a pandemia do coronavírus

imprensa@faep.com.br