Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 10/05/2012 - 12h00
Postado em Notícias

10/05/2012 12h00 - Postado em Notícias

Açúcar e etanol do Paraná para o mundo

Açúcar e etanol do Paraná para o mundo

No Paraná os canaviais ocupamárea de 611,4 mil ha, 3,5% da área agriculturável no estado, instalados predominantemente na região Noroeste, onde se concentram 24 das 30 usinas e destilarias instaladas.

Na última safra, que teve início em abril de 2011 e  terminou em março de 2012, o estado colheu 41,52 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

Poderia ter sido melhor,  mas geadas e secas ocorridas durante o ciclo do canavial derrubaram a produtividade que nos últimos anos era de 82 toneladas por hectare,  para 68.

Além da produção de cana ser menor, a produção de ATR (Açúcar Total Recuperável) também diminuiu: de 139kg/tonelada na safra anterior para 136. ATR é a soma total dos açúcares contidos na cana-de-açúcar e que são efetivamente aproveitados no processo industrial para produção de açúcar e etanol.



Mesmo com esses contratempos a  produção paranaense de açúcar na safra 2011/2012 foi de 2,89 milhões de toneladas, das quais 90%  foram exportadas (2,6 milhões ). Quase a totalidade do açúcar produzido no Paraná é do tipo VHP (Very HighPolarization), que é um produto bruto, destinado ao mercado externo para lá ser transformado em diferentes tipos de açúcar para o consumo.

Com 9,5% do volume exportado pelo Brasil, o Paraná coloca-se em segundo lugar no ranking dos estados brasileiros exportadores de açúcar, perdendo apenas para  São Paulo.



O etanol de cana, cada vez mais importante como combustível capaz de evitar o aumento do aquecimento global e fomentar a "economia limpa", coloca o Brasil em primeiro lugar  no ranking mundial  de produção e exportação.

Na safra 2011/2012 o Paraná produziu 1,44 bilhão de litros de etanol, dos quais 84% destinado ao mercado interno e 16%  para exportação. Esses valores colocam o estado também em 2º lugar no ranking de exportadores de etanol, sendo São Paulo o líder nacional.

As exportações de etanol e açúcar renderam ao Paraná em 2011 a soma de US$ 1,57 bilhão, representando 9,4% de participação nos principais produtos exportados.

Importante gerador de emprego, o setor sucroalcoleiro do Paraná responde por 65 mil postos de trabalho diretos e mais 500 mil indiretos, conforme os dados da Alcopar.

No Valor Bruto da Produção-VBP paranaense de 2010, a cana de açúcar contribuiu com R$ 1,77 bilhão, representando 7,8% do VBP da agricultura, que foi de R$ 22,72 bilhões.

A região Noroeste, onde a atividade se concentra, o principal gerador de renda é a cana-de-açúcar, com 19,43% de participação no VBP.

O quadro a seguir mostra aposição do Paraná e demais estados em relação a produção de cana, açúcar e etanol no Brasil .


imprensa@faep.com.br