Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 18/01/2012 - 12h00
Postado em Notícias

18/01/2012 12h00 - Postado em Notícias

Vento e granizo podem causar transtornos ao Paraná e Santa Catarina, e chuva atinge grande parte do Nordeste nesta quarta

PREVISÃO PARA ESTA QUARTA, DIA 18 SUL Nessa quarta, dia 18, a chuva prossegue sobre todo o Paraná e Santa Catarina, com acumulado médio entre 20 milímetros (mm) e 40mm, mantendo o potencial para deslizamentos de encosta e transbordamentos entre os dois Estados. O dia fechado e chuvoso mantém a temperatura máxima baixa no leste […]

PREVISÃO PARA ESTA QUARTA, DIA 18

SUL

Nessa quarta, dia 18, a chuva prossegue sobre todo o Paraná e Santa Catarina, com acumulado médio entre 20 milímetros (mm) e 40mm, mantendo o potencial para deslizamentos de encosta e transbordamentos entre os dois Estados. O dia fechado e chuvoso mantém a temperatura máxima baixa no leste do Paraná, centro e leste de Santa Catarina e nordeste do Rio Grande do Sul. No interior dos dois primeiros Estados, espera-se uma condição mais próxima do verão, com sol, calor e pancadas de chuva de fim de tarde. Na maior parte do Rio Grande do Sul, o tempo permanece seco, ensolarado e quente. A máxima passa dos 35°C no oeste do Estado. As rajadas de leste chegam aos 60km/h na divisa dos Estados do Paraná e Santa Catarina.

SUDESTE

Nesta quarta, dia 18, a chuva prossegue sobre São Paulo, oeste, sul e parte da Zona da Mata de Minas Gerais e sobre o sul e interior do Rio de Janeiro. De uma forma geral, o acumulado será mais baixo em relação com essa terça, 17. Apenas no sul de São Paulo e no Triângulo Mineiro (MG), chove de forma mais intensa, com acumulado entre 20mm e 50mm. Apesar da diminuição da chuva, a temperatura máxima permanece baixa em boa parte de São Paulo e no oeste e sul de Minas Gerais. No Espírito Santo e norte do Rio de Janeiro, o calor predomina. Além de tudo, alertam-se para rajadas de vento em torno dos 60km/h em partes do Triângulo Mineiro e sul de São Paulo.

CENTRO-OESTE

Essa quarta, dia 18, deve ter chuva em grande parte do Centro-Oeste, com exceção do oeste de Mato Grosso do Sul. A invernada se intensifica sobre o centro, leste e norte de Mato Grosso. Espera-se um dia bem mais fechado e chuvoso que os anteriores, fazendo com que a temperatura máxima fique mais baixa. Em Goiás e no Distrito Federal, nada muda e a previsão é de mais um dia com tempo fechado e chuvoso e temperatura máxima baixa. Os acumulados também aumentam em relação ao dia anterior e podem passar dos 100mm em algumas localidades de Mato Grosso (70% da média do mês de janeiro em alguns municípios da região de Paranatinga, no centro e leste do Estado) e dos 50mm no centro de Goiás.

NORDESTE

Aos poucos, a chuva torna-se mais generalizada sobre o Nordeste. Nesta quarta, 18, chove em boa parte da região, com exceção do centro, leste e sul da Bahia, área sob influência de um centro de Vórtice Ciclônico (espécie de massa de ar seco). Apesar da chuva generalizada, o acumulado permanece baixo na maior parte das localidades. A chuva forte atinge o extremo oeste da Bahia, região de divisa com Tocantins e Goiás, o sul e sudeste do Piauí e o litoral de Sergipe e Alagoas. Independentemente da condição do tempo, o calor predomina em todo o Nordeste.

NORTE

Nesta quarta, dia 18, o tempo fechado, chuvoso e com temperatura máxima baixa prossegue sobre centro e sul do Pará. Os temporais atingem o centro e sul do Pará e partes do Amazonas, com acumulado médio entre 20mm e 50mm. Já em Tocantins e no Amapá retorna um padrão mais próximo do verão, com sol, calor e pancadas de chuva de fim de tarde. O calor também predomina em Roraima, Acre, Rondônia e Amazonas, apesar da previsão de temporais no último Estado.

PREVISÃO PARA OS PRÓXIMOS DIAS

SUL

Nessa quinta, dia 19, o padrão não muda e as chuvas prosseguem sobre o Paraná, Santa Catarina e norte do Rio Grande do Sul. O acumulado diminui em relação aos dias anteriores, chegando aos 20mm, mas o alerta para inundações e deslizamentos de encosta no leste do Paraná e norte de Santa Catarina é mantido. Como o acumulado diminui em relação aos dias anteriores e os períodos de melhoria tornam-se um pouco maiores, a temperatura máxima entra em elevação no nordeste do Rio Grande do Sul e centro e leste de Santa Catarina. No leste do Paraná, o padrão não muda e a temperatura máxima permanece mais baixa. No interior do Paraná e de Santa Catarina, prossegue a condição típica de verão, com sol, calor e pancadas de chuva de fim de tarde. Na maior parte do Rio Grande do Sul, o tempo permanece seco, ensolarado e quente. A máxima passa dos 35°C no oeste do Estado.

SUDESTE

Nessa quinta, dia 19, além de chuva em São Paulo e no oeste e sul de Minas Gerais, também chove no nordeste mineiro e no centro e norte do Espírito Santo. Por outro lado, o risco de chuva diminui no Rio de Janeiro. Chove forte sobre o noroeste de São Paulo, com acumulado médio em torno dos 20mm. A temperatura máxima permanece baixa pelo excesso de nuvens entre o sudoeste de São Paulo e o sul de Minas Gerais. Por outro lado, o calor prossegue sobre o Espírito Santo e norte do Rio de Janeiro.

CENTRO-OESTE

Nessa quinta, dia 19, apesar da previsão de diminuição do acumulado de chuva, a invernada prossegue sobre boa parte de Goiás, Distrito Federal e centro, leste e norte de Mato Grosso. O tempo permanece fechado, chuvoso e com temperatura máxima mais baixa. De uma forma geral, o acumulado não passa dos 10mm, com exceção do noroeste de Mato Grosso, onde pode chover mais de 50mm. Em Mato Grosso do Sul, espera-se uma condição típica de verão, com sol, calor e pancadas de chuva no centro, leste e norte do Estado.

NORDESTE

O tempo permanece igual nessa quinta, dia 19, e a chuva generalizada atinge boa parte da região Nordeste, com exceção do centro, sul e nordeste da Bahia, área sob influência de um centro de Vórtice Ciclônico (espécie de massa de ar seco). Mais uma vez, apesar da chuva generalizada, o acumulado será baixo na maior parte das localidades. Apenas entre o Piauí e Ceará, esperam-se maiores acumulados, entre 20mm e 30mm. Independentemente da condição do tempo, o calor predomina em todo o Nordeste.

NORTE

A invernada enfraquece nessa quinta, dia 19, e as chuvas passam a acontecer alternadas com períodos de sol entre nuvens. O calor retorna para toda a região Norte, apesar da previsão de temporais sobre os Estados do Pará, Amazonas e Rondônia (acumulado médio entre 20mm e 50mm).

Fonte: Somar/Canal Rural

imprensa@faep.com.br