Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 22/08/2018 - 09h29
Postado em Destaques, Notícias, Soja

22/08/2018 09h29 - Postado em Destaques, Notícias, Soja

Soja limita retração do valor da produção agropecuária do país

Valor total alcançará R$ 563,5 bilhões no ano, ainda 2,2% abaixo do cálculo para 2017 (R$ 575,9 bilhões), mas montante 12,2% superior ao previsto em dezembro

Graças à soja, o Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuária brasileira deverá cair menos do que se previa inicialmente em 2018. Novas estimativas divulgadas ontem pelo Ministério da Agricultura sinalizaram que o valor total alcançará R$ 563,5 bilhões no ano, ainda 2,2% abaixo do cálculo para 2017 (R$ 575,9 bilhões), mas montante 12,2% superior ao previsto em dezembro.

Essa diferença em relação ao cenário que se desenhava no fim do ano passado pode ser creditada à soja. A colheita do grão surpreendeu o setor e voltou a bater recorde na temporada 2017/18, e os preços subiram no mercado doméstico, ao contrário do que se esperava, em decorrência da quebra da safra argentina e das disputas comerciais entre Estados Unidos e China.

Nesse contexto, o ministério ajustou sua previsão para o VBP da soja em 2018 para R$ 137,9 bilhões, 9,8% mais que em 2017 e também uma nova máxima histórica. Mesmo assim o VBP da agricultura – o levantamento inclui 21 produtos – deverá recuar 0,6%, para R$ 383,8 bilhões, em virtude de reduções estimadas para culturas como cana (7,3%, para R$ 67,1 bilhões) e milho (9,4%, para R$ 46,1 bilhões).

Nesse rol, outro destaque positivo é o algodão, cujo VBP em 2018 foi elevado pelo ministério para R$ 33 bilhões, 43,2% mais que no ano passado. Também há previsão de avanço para o café – de 8,5%, para R$ 24,3 bilhões.

Para as cinco principais cadeias da pecuária do país, as estimativas do ministério continuam a apontar queda generalizada, o que tende a levar o montante total a cair 5,3%, para R$ 179,7 bilhões. O VBP dos bovinos deverá diminuir 1,8%, para R$ 74,3 bilhões, e a expectativa para o frango é de baixa de 5,7%, para R$ 49,9 bilhões.

Fonte: Portal do Agronegócio.

imprensa@faep.com.br