Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 15/05/2018 - 11h23
Postado em Agrinho, Destaques

15/05/2018 11h23 - Postado em Agrinho, Destaques

Seminário do Agrinho em Curitiba reúne 500 professores

Ainda nesta semana, Londrina, Jacarezinho e Ibaiti também receberão as palestras com professores nacionais e internacionais

Curitiba é a primeira cidade, de um total de 15, a receber o 2º. Seminário Regional de Formação de Professores do Agrinho, com palestras voltadas aos docentes para a utilização do material didático do Programa. O encontro na capital paranaense, nesta terça-feira, dia 15, reuniu cerca de 500 professores da rede municipal de ensino. Na ocasião, os docentes puderam assistir palestras com profissionais da área de educação do Brasil e de outros países, com ampla experiência. O objetivo do Seminário é promover a formação continuada de professores e propiciar o acesso às bases teóricas propostas pelo programa.

A capacitação de professores é uma das etapas do Programa Agrinho que fornece materiais didáticos para escolas públicas e particulares de todo o Paraná, num trabalho que envolve 80 mil professores e um milhão de alunos da educação infantil, do ensino fundamental e da educação especial. Tudo isso, para que professores e alunos possam trabalhar em sala de aula temas transversais como saúde, cidadania, meio ambiente, segurança pessoal e outros que dialogam com a vida dos estudantes, promovendo a conexão dos meios urbano e rural. Com 22 anos de existência, o Agrinho é o principal programa de responsabilidade social do Sistema FAEP/ SENAR-PR.

O evento de Curitiba contou com a participação da secretária municipal de Educação, Maria Sílvia Bacila, que destacou a importância do programa na educação para os alunos da capital paranaense. “O Agrinho faz muito bem à nossa educação curitibana”, disse.

Após a abertura do evento, realizada pelo supervisor do SENAR-PR Alexandre Marra, foram realizadas duas palestras na parte da manhã. A primeira pelo professor do departamento de educação à distância da Universidade Aberta (UAb), de Portugal, José Antônio Moreira, intitulada “Aprender com imagens em movimento em ambientes digitais: modelos pedagógicos para sua desconstrução”, onde o docente tratou do uso de imagens estáticas e em movimento, além de outras tecnologias, como estratégia pedagógica. “Nâo faz sentido que estejamos buscando formar as competências do século XXI com as mesmas práticas pedagógicas dos séculos XIX e XX”, avaliou.

Na sequência a pedagoga do SENAR-PR Josimeire Grein, apresentou o Agrinho aos participantes, seus materiais, e as propostas do  programa. “Não existe pior nem melhor, o que existe é  a complementaridade, o campo precisa da cidade e a cidade precisa do campo”, destacou, fazendo alusão ao tema do concurso Agrinho que é “As coisas que ligam o campo à cidade e nosso papel para melhorar o mundo”.

Na parte da tarde as palestras ficam por conta da professora Sara Trindade, da Universidade de Coimbra, e da professora Kátia Ethiénne dos Santos, da consultoria em educação KMK.

De Curitiba o seminário segue para Londrina. Os eventos seguem até o dia 22 de junho.

Título da Postagem: Seminário do Agrinho em Curitiba reúne 500 professores

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom