Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 09/11/2018 - 10h50
Postado em Agrinho, Destaques, Notícias

09/11/2018 10h50 - Postado em Agrinho, Destaques, Notícias

Prêmios para melhores experiências pedagógicas valorizam o papel do professor; assista

Quatro relatos da rede pública, um da rede particular e um do Agrinho Solos foram reconhecidos com seis automóveis zero quilômetro

A hora mais esperada da premiação do Concurso Agrinho 2018 encerra com chave de ouro um evento recheado de alegria e entusiasmo por parte dos mais de 1,5 mil participantes. Até chegar ao anúncio dos grandes vencedores da categoria Experiência Pedagógica, que levaram para casa seis automóveis zero quilômetro, a grande festa da educação foi rodeada de expectativa. Ao chegar o momento final, o público deixou as cadeiras e se reuniu próximo ao palco. Nome após nome, foram conhecidos então os seis melhores projetos da categoria Experiência Pedagógica envolvendo o Programa Agrinho no Estado. Confira abaixo a alegria das ganhadoras e um resumo de cada um dos projetos premiados – quatro da rede pública, um da rede particular e um do Agrinho Solos.

1º lugar da Rede Pública – Paula Manente, professora da Escola Municipal Serafin M. de Souza, em São Miguel do Iguaçu.

“Trabalho reconhecido. Só tenho a agradecer a todos aqueles que trabalham pela educação de um país melhor. A FAEP e o SENAR-PR são parceiros inseparáveis. Estamos juntos todos os anos.”

2º lugar da Rede Pública – Ana Paula Mara, professora da Escola Municipal Heitor Dizel, em Ponta Grossa.

“É muito gratificante você ter o seu trabalho reconhecido. A FAEP e o SENAR-PR inspiram muito a gente, muda a vida da escola e dos alunos.”

3º lugar da Rede Pública –  Marcia Aparecida Hyoshimoto, professora na Escola Municipal Therezinha Bagatin, em Terra Boa.

“É o reconhecimento de um trabalho feito com muito amor, com muito sufoco e muita dedicação. Quero parabenizar as equipes do SENAR-PR e da FAEP, que proporcionam essa valorização dos professores.”

4º lugar da Rede Pública – Taiza Tanajura Klemba – professora na Escola Municipal João C. da Silva, em Quatro Barras.

“Só tenho a agradecer a todos os meus alunos que são a minha razão de viver. Eles que me proporcionaram este presente. Trabalhar com o Agrinho é nota mil!”

1º lugar da Rede Particular – Ana Paula Ghellere, professora no Colégio Franciscano Nossa Senhora de Fátima, em São Miguel do Iguaçu.

“Estou muito feliz. É muita emoção, pois o trabalho foi reconhecido. Obrigada, SENAR-PR, obrigada, meu Deus, obrigada, aos pais.”

1º lugar Agrinho Solos – Lia Marcia da Silva, professora na Escola Municipal São Sebastião, em Castro.

“Só tenho que agradecer a Deus. O sentimento que sinto agora é gratidão.”

Leia um resumo de cada projeto vencedor no Boletim Informativo.

Título da Postagem: Prêmios para melhores experiências pedagógicas valorizam o papel do professor; assista

imprensa@faep.com.br