Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 30/09/2016 - 16h15
Postado em Destaques, Pecuária de Leite

30/09/2016 16h15 - Postado em Destaques, Pecuária de Leite

PR pula para segunda posição no ranking nacional de produção de leite

Em termos municipais, a primeira posição continuou com Castro. Carambeí ocupa a terceira colocação

Em 2015, a produção nacional de leite atingiu, aproximadamente, 35 bilhões de litros de leite, queda de 0,4% sobre o ano anterior. A região Sul ocupa, desde 2014, a primeira posição no ranking das grandes regiões, sendo responsável por 35,2% da produção brasileira em 2015.

Considerando os Estados, Minas Gerais continua como principal produtor de leite do país, com 9,1 bilhões de litros em 2015, queda de 2,4% em relação a 2014. A produção mineira representa 76,8% da produção da região Sudeste e 26,1% da produção nacional.

O Paraná ultrapassou o Rio Grande do Sul em 2015 e agora ocupa a segunda posição nacional. Os dois representam 75,2% da produção da região e 26,5% da produção de leite do país.

Em termos municipais, a primeira posição continuou com Castro (PR), com 250 milhões de litros, seguido pelos municípios de Patos de Minas (MG), com 149,65 milhões de litros, e Carambeí (PR), com 140 milhões de litros.

Em 2015, o preço médio nacional foi de R$ 0,99 por litro de leite, gerando um valor de produção de R$ 34,71 bilhões. O maior preço médio foi encontrado no Nordeste, R$ 1,18 por litro, e o menor no Norte, R$ 0,87 por litro.

A diferença entre o total produzido no Brasil (35 bilhões de litros) e a quantidade de leite cru adquirida pelos laticínios sob inspeção sanitária (24,1 bilhões de litros) reflete a produção de leite não-fiscalizada. Contrastando as séries históricas dessas variáveis, observa-se que ambas seguem a mesma tendência. Em 2015, ocorreu a primeira queda tanto da produção como da aquisição de leite, no período considerado (2005-2015). Nesse ano a produção de leite fiscalizada representou 68,7% do total produzido.

A produtividade média foi de 1.609 litros de leite por vaca ordenhada em 2015, crescimento de 5,5% em relação a 2014. A região Sul teve a maior produtividade, com 2.900 litros/vaca/ano, um aumento de 3,9% comparado ao ano anterior.

Título da Postagem: PR pula para segunda posição no ranking nacional de produção de leite

imprensa@faep.com.br