Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 28/09/2018 - 12h50
Postado em Destaques, Soja

28/09/2018 12h50 - Postado em Destaques, Soja

Plantio da soja estaciona em metade das áreas

Máquinas vêm encontrando dificuldade para entrar no campo, devido ao excesso de umidade provocado pelas chuvas intensas das últimas semanas

Há quase um mês desde que teve início o plantio da soja, o cultivo da oleaginosa na região oeste estacionou em cerca de metade das áreas. As máquinas vêm encontrando resistência para entrar no campo, com o excesso de umidade provocado pela chuva que não tem dado muita trégua nas últimas semanas.

Dos quase 1,1 milhão de hectares que deverão ser destinados ao grão no oeste no ciclo 2018/2019, cerca de 600 mil hectares já foram plantados e estão em desenvolvimento vegetativo. Por enquanto, esta fase é considerada de bom desenvolvimento, mas tudo também dependerá do comportamento climático nas próximas semanas. O excesso de chuva tende a retardar o ciclo.

Os números são dos Núcleos Regionais da Seab (Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento), com dados do Deral (Departamento de Economia Rural).

O aspecto que mais preocupa e que promete atrasar de vez a semeadura – além da chuva prevista para os próximos dias com acumulados que podem passar dos 100 milímetros – é que os cerca de 130 mil hectares de trigo ainda no campo só deverão ser colhidos perto da segunda quinzena de outubro. “Isso atrasa o plantio da soja, mas as regiões onde mais há trigo no campo são Catanduvas e Ibema. Ocorre que, por lá se planta menos milho na safrinha”, reforça a economista do Deral Jovir Ésser.

Fonte: O Paraná

Tags:, , , ,

Título da Postagem: Plantio da soja estaciona em metade das áreas

imprensa@faep.com.br