Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 04/07/2011 - 12h00
Postado em Notícias

04/07/2011 12h00 - Postado em Notícias

Osmar lança Seguro Faturamento Agrícola

O vice-presidente de Agronegócios do Banco do Brasil (BB), Osmar Dias, anunciou nesta manhã de segunda-feira, durante o III Encontro Estadual das Comissões da FAEP, o lançamento do Seguro Faturamento Agrícola. No evento, ele cobrou a aprovação do novo Código Florestal no Senado. "Não é justo manter essa insegurança no campo", disse. Anunciou ainda que […]

O vice-presidente de Agronegócios do Banco do Brasil (BB), Osmar Dias, anunciou nesta manhã de segunda-feira, durante o III Encontro Estadual das Comissões da FAEP, o lançamento do Seguro Faturamento Agrícola. No evento, ele cobrou a aprovação do novo Código Florestal no Senado. "Não é justo manter essa insegurança no campo", disse. Anunciou ainda que a situação dos produtores com dívidas pendentes desde 2008 foi reavaliada e uma nova carta de crédito estará disponível a partir de agora.                                                                                                                                                                   Ele defendeu a implantação do crédito rotativo por cinco anos. "Hoje o produtor rural enfrenta uma grande burocracia para renovar o financiamento todo ano. Com o crédito rotativo, a renovação será automática", observou.  

 

Seguro

Para a safra 2011/2012, o grupo Segurador BB e Mapfre, oferece ao produtor rural um novo seguro para a cultura da soja . Além de proteger o produtor contra as catástrofes causadas pelas condições climáticas, como chuvas de granizo ou secas, por exemplo, oferece proteção contra prejuízos causados pela variação do preço do produto. Segundo Osmar, hoje o seguro cobre apenas as perdas por contas dos fatores climáticos, mas não há garantia  sobre a renda ou faturamento. "Nós tivemos que lutar muito para conseguir implantar esse modelo de seguro. Inicialmente vai ser direcionado à cultura da soja, mas queremos expandir e avançar para o plantio de outros produtos", explicou.

                O seguro será destinado aos agricultores das principais regiões produtoras do país. Para ingressar ao plano, o agricultor deve informar a área a ser segurada e escolher o nível de cobertura a ser contratado, que pode chegar a 75% do faturamento esperado. Se este faturamento for reduzido em função da queda de produtividade, por evento climático ou por queda de preço da soja no mercado, o seguro indenizará a diferença. "O seguro chega para atender a uma necessidade do mercado, em sintonia com o interesse dos governos Federal e Estaduais, e, por isso, estamos prevendo iniciar nossas atividades com três mil apólices, cerca de R$ 20 milhões em prêmio e mais de R$ 500 milhões em riscos", enfatiza o diretor da Companhia de Seguro do Banco do Brasil/Mapfre, Benedito Dias.

                Leia mais sobre o novo seguro no próximo Boletim Informativo.  Veja fotos do evento:

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom