Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 23/05/2017 - 17h35
Postado em Destaques, Faep, Infraestrutura

23/05/2017 17h35 - Postado em Destaques, Faep, Infraestrutura

Internet no campo

Fórum reúne empresas e entidades para buscar saídas para melhorar a navegação na rede mundial de computadores na zona rural do Estado

Representantes de empresas de tecnologia, de telefonia, provedores e entidades públicas que participaram do Fórum de Telecomunicações Rurais, realizado no dia 17 de maio, na sede da FAEP, em Curitiba, decidiram elaborar um projeto-piloto que possa servir de caminho para solucionar a falta de acesso à internet em várias regiões do Paraná.

O avanço da tecnologia no campo vem obrigado o produtor a se atualizar sobre equipamentos e formas de se comunicar. A internet já é realidade no trabalho do dia a dia de quem cultiva e produz no país, mas produtores paranaenses ainda não têm ou recebem sinais com baixa qualidade de navegação.
Para Nílson Hanke Camargo, engenheiro agrônomo do DTE/FAEP que coordenou o encontro, o resultado do fórum foi positivo, pois, além de tirar uma ação efetiva para tentar resolver a falta de acesso à internet no campo, conseguiu reuniu grandes empresas do setor de telecomunicações, como a TIM, Copel, Huawei e Hughes, órgãos públicos (Anatel e Secretaria de Assuntos Estratégicos), além de SENAR-PR e Ocepar, que se mostraram dispostos a unir forças para oferecer navegação de qualidade na rede mundial de computadores.

Uma das possibilidades exposta foi a internet via satélite. Segundo Rodrigo Cavalieri, responsável pelo Marketing da Hughes, o serviço oferecido pela empresa atende demandas em áreas isoladas. “Chegamos onde ninguém chega. Onde tem cobertura do meu satélite, basta saber se uma cidade está dentro desta área, e levamos o produto ao cliente, seja na parte urbana, seja no campo”, afirma Cavalieri.

Já Marcelo Yamada, da Copel Telecomunicações, explicou que a empresa leva internet via fibra óptica aos 399 municípios do Estado, mas o serviço não abrange as áreas rurais. De acordo com Yamada, a Copel está multiplicando a capacidade da fibra óptica em 86 municípios para atingir mais pontos. “O plano da Copel é abranger nos próximos anos a área rural.”

Durante o encontro organizado pelo Sistema FAEP/SENAR-PR, Cleber Affanio, da operadora de celulares TIM, falou sobre o avanço da cobertura da empresa no Estado. Nicolas Driesen, da Huawei (empresa chinesa fornecedora de tecnologia de informação), defendeu um mapeamento das demandas do Paraná e a busca de uma solução conjunta para o problema. O secretário estadual para Assuntos Estratégicos, Flávio Arns, expôs sobre o programa Rede 399, do governo do Estado, que pretende difundir a internet em todos os municípios paranaenses. E Angelo Aparecido Nardi, Rede TeleSul, que contou como os pequenos provedores estão ajudando o homem do campo a ter acesso à internet.

Esse evento coroa a iniciativa da FAEP, iniciada há quatro anos, de prover o meio rural com tecnologias de ponta na transmissão de dados nas propriedades, indispensável para a melhoria da sua qualidade de vida, produção e comercialização.

Título da Postagem: Internet no campo

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom