Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 12/09/2018 - 08h52
Postado em Destaques, Notícias

12/09/2018 08h52 - Postado em Destaques, Notícias

GRÃOS: milho avança na safra de verão

A rentabilidade, principal conselheira dos produtores, deverá motivar a expansão de área da safra de milho no Brasil na temporada de verão desta safra 2018/19, um movimento que se tornou raro no país na última década

Segundo projeções da consultoria Céleres a área de milho verão deve crescer 360 mil hectares no novo ciclo, para 5,8 milhões de hectares. Esse avanço se dará em áreas de pastagens ou que vinham sendo ocupadas por grãos com menor liquidez, como o feijão. Não deverá representar ameaça ao cultivo de soja, que deverá bater novo recorde.

Se o aumento de área for confirmado, será o primeiro desde a safra 2005/06 superior a 200 mil hectares. Em 2016/17, a área de milho verão até cresceu após oito safras de retrações, mas apenas 126 mil hectares, de acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Mesmo com essa interrupção da tendência de queda, a área prevista pela Céleres corresponde a 40% do total semeado no ciclo 1986/87 (14 milhões de hectares), o que comprova que, no Brasil, o milho é cada vez mais uma cultura de segunda safra, semeado por grandes produtores das regiões Sul ou Centro-Oeste que costumam plantar soja no verão.

Segundo Enilson Nogueira, analista da Céleres, a expansão prevista para o ciclo 2018/19 está atrelada aos bons preços do grão e não necessariamente representa uma guinada. “Existem algumas regiões brasileiras em que a rentabilidade do milho está até maior que a da soja”, afirma.

De acordo com dados da consultoria, a margem operacional do milho de verão no Paraná — terceiro principal Estado produtor do cereal na primeira safra — está estimada, em média, em R$ 2.853 por hectare, ao passo que a margem média da soja no Estado está calculada em R$ 1.155 por hectare. “O preço do milho subiu bem mais que o da soja neste último ano”, lembra Nogueira.

A margem operacional esperada para a temporada de verão no Paraná na safra 2018/19 é quase três vezes maior que a observada em 2017/18 (R$ 1.023 por hectare).

As primeiras estimativas do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura do Paraná apontam para uma expansão de área de 6% para o milho verão no Estado, para 352,2 mil hectares, e sinalizam estabilidade para a soja, que deverá voltar a se espalhar por cerca de 5,4 milhões de hectares.

Matéria completa: Portal do Agronegócio.

Título da Postagem: GRÃOS: milho avança na safra de verão

imprensa@faep.com.br