Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 04/09/2018 - 10h22
Postado em Destaques, Notícias, Suinocultura

04/09/2018 10h22 - Postado em Destaques, Notícias, Suinocultura

Comissão Técnica de Suinocultura se reúne em Curitiba

Membros da organização debatem temas como as CADECs, bem-estar animal e outros assuntos de interesse dos produtores de suínos do Paraná

Integrantes da Comissão Técnica de Suinocultura da FAEP se reúnem nesta terça-feira (4), em Curitiba, para uma reunião. O encontro conta com a participação de representantes do setor produtivo de todas as regiões do Estado. O objetivo é debater os principais assuntos em evidência para promover o fortalecimento da cadeia da suinocultura. Na pauta estão itens como a situação das Comissões para Acompanhamento, Desenvolvimento e Conciliação da Integração (CADEC), os debates em torno do bem-estar animal, cotações, entre outros itens.

Nicolle Wilsek, médica veterinária do Sistema FAEP/SENAR-PR, lembrou aos participantes que a suinocultura vive um momento no qual a união é fundamental. Ela enfatiza que o debate dos problemas e a mobilização é a chave para se chegar a soluções para fazer o setor voltar a ter condições melhores de viabilidade. “Temos que demonstrar para a sociedade tudo o que vem sendo feito para melhorarmos cada vez mais a cadeia, porque nem sempre as pessoas têm acesso esse esforço diário de caminharmos em direção ao desenvolvimento da nossa atividade”, comenta.

Reny Gerardi, presidente da Comissão Técnica de Suinocultura, também lembrou o momento delicado vivido pelos produtores, especialmente pelos preços baixos pagos aos produtores. “Há oito meses, pelo menos, a situação está crítica para os produtores de suínos, principalmente para os independentes. Nesse momento, em uma reunião como essa, nossa missão é trazer o debate para encontrarmos caminhos para trilhar uma luz para sairmos dessa situação”, apontou.

Jacir Dariva, presidente da Associação Paranaense dos Suinocultores (APS), enfatizou que as recentes movimentações internacionais de fechamento do mercado russo e reposicionamento do produto brasileiro têm cobrado o preço dos produtores. “Se você pegar os números vai ver que no volume total do Brasil não deveria haver um impacto tão grande no preço, é preciso rever essa oscilação que muitas vezes parece fora da realidade”, disse.

eSocial

Durante a reunião, Eleutério Czornei, advogado do Sistema FAEP/SENAR-PR, fez um resumo das mudanças trabalhistas que serão necessárias com a obrigatoriedade do eSocial. A ferramenta é um sistema do Governo Federal que vai centralizar toda a burocracia trabalhista em uma única plataforma. A FAEP tem feito ao longo dos últimos meses diversos treinamentos em relação ao assunto com funcionários dos sindicatos rurais. Os trabalhadores desses locais estão aptos a prestar serviços e esclarecer dúvidas aos produtores rurais. Para mais informações, procure o Sindicato Rural mais próximo ou entre em contato com a FAEP, através da aba Fale Conosco do site www.sistemafaep.org.br

Febre Aftosa

Ronei Volpi, diretor-executivo do Fundo de Desenvolvimento da Agropecuária (Fundepec), fez um resumo de como está o andamento do avanço do Paraná para se tornar território Livre de Febre Aftosa Sem Vacinação. “Os principais mercados do mundo, que têm maior poder de compra, não aceitam produtos oriundos de locais que seguem vacinando seus rebanhos. Nós temos há muitos anos desenvolvido o nosso sistema de defesa sanitária e desde 2011 trabalhado mais intensivamente nesse sentido, com a mobilização pela criação da Agência de Defesa Agropecuária (Adapar). Estamos seguros para dar esse passo de finalizar a vacinação obrigatória contra Febre Aftosa e abrir novas portas aos nossos produtos de alta qualidade mundo afora”, disse.

Título da Postagem: Comissão Técnica de Suinocultura se reúne em Curitiba

imprensa@faep.com.br