Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 06/07/2018 - 08h58
Postado em Destaques, Fruticultura

06/07/2018 08h58 - Postado em Destaques, Fruticultura

Citricultura saudável

Com adoção de medidas conjuntas para combater o greening, produtores paranaenses conseguem melhorar sanidade dos pomares e ganhar produtividade

No dia 8 de junho ocorreu a comemoração do Dia do Citricultor. Se em outros anos não haviam motivos para muita festa, hoje a data merece celebração. De uma forma geral, os citricultores paranaenses estão de parabéns, pois diversos especialistas das áreas de sanidade e produção são unânimes em afirmar que a atividade no Estado vive um novo momento na sua história.

Nos últimos anos, atuando de maneira organizada e consciente e utilizando as ferramentas disponíveis para garantir o bom manejo dos pomares, os produtores ganharam produtividade e, consequentemente, elevaram a renda. Não à toa que o Paraná saltou de quarto maior produtor brasileiro de laranja para a terceira colocação, com uma safra histórica da fruta na temporada 2017/18. E as perspectivas vão além, com projeção de colher mais de um milhão de toneladas na safra atual. A produtividade dos pomares paranaenses dá um banho no resto do país. Enquanto a média nacional é de 553 caixas (de 40,8 quilos) por hectare, no Paraná essa média é de 923 caixas/ha.

Na verdade, nos últimos anos, Paraná e Bahia vêm se alternando na disputa pelo terceiro lugar do ranking brasileiro da laranja. No entanto, enquanto nosso Estado dispõe de 25 mil hectares para os pomares, os baianos dispõem de 75 mil ha – três vezes mais.

Clique aqui para ler a matéria completa

Título da Postagem: Citricultura saudável

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom