Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 10/11/2010 - 12h00
Postado em Notícias

10/11/2010 12h00 - Postado em Notícias

Banca analisa projetos do Empreendedor Rural

Um grupo de oito especialistas entre técnicos do Sistema FAEP, Sebrae, Fetaep e da UFPR se reúne até amanhã (11), analisando 130 projetos elaborados pelos participantes das 82 turmas do programa Empreendedor Rural. O responsável pela banca é o engenheiro agrônomo e professor titular de economia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz vinculada […]

Um grupo de oito especialistas entre técnicos do Sistema FAEP, Sebrae, Fetaep e da UFPR se reúne até amanhã (11), analisando 130 projetos elaborados pelos participantes das 82 turmas do programa Empreendedor Rural. O responsável pela banca é o engenheiro agrônomo e professor titular de economia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz vinculada a USP, Fernando Curi Peres “estou impressionado com o desenvolvimento do capital social no meio rural e a criatividade dos projetos”, afirma.

Para Peres esta nova característica do meio rural surge à medida que as pessoas mostram mais confiança em seus pares; melhoram em civismo e aumentam a capacidade do trabalho em grupo ou comunitário para enfrentar os problemas que aparecem.

O professor participou do processo de idealização do Programa Empreendedor Rural e do conteúdo do material didático utilizado no curso. De acordo com Peres, o Empreendedor Rural oferece, para aqueles que querem permanecer no meio rural, um importante instrumento para garantir uma qualidade de vida digna e perspectivas de melhoria da renda. “Este programa é uma ferramenta que ajuda o indivíduo na gestão moderna e científica da propriedade rural, independente do tamanho”, explica.

O professor também destaca a qualidade e criatividade dos projetos finalistas. “O Empreendedor leva o participante a entender o importante papel que o setor rural desempenha na sociedade brasileira, ajudando-o a elevar sua autoestima”, analisa.

Para a engenheira agrônoma e pesquisadora da UFPR, Melissa Watanabe, que participa pela primeira vez da banca de análise dos trabalhos do Empreendedor Rural, o programa estimula o aluno a ter uma atitude pró-ativa.”O curso instiga a veia da liderança do agricultor. Nos projetos que li percebo o despertar dos alunos para o trabalho em grupo. Isso é muito importante pois o agricultor passa a ter uma visão mais ampla e se fortalece com a atuação em grupo”, diz.

Dos 130 projetos, dez serão finalistas e a banca ainda definirá três vencedores. Todos serão apresentados no evento de encerramento anual do programa dia 03 de dezembro, no Expotrade, em Pinhais. Os três vencedores ganham uma viagem internacional.         

imprensa@faep.com.br