Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 09/03/2018 - 16h14
Postado em Agrinho, Senar - PR

09/03/2018 16h14 - Postado em Agrinho, Senar - PR

Amigos do Agrinho

Veja quem são os coordenadores da educação básica dos 32 núcleos regionais de educação do Estado, que irão ajudar o programa Agrinho a ganhar mais força no Paraná

Eliane do Rocio Vieira – Curitiba/SEED

“É importante que os docentes articulem os encaminhamentos metodológicos, tanto do programa Agrinho, quanto da política estadual de educação ambiental”


Rosilaine Mortella – Curitiba/SEED

“Dentro da secretaria de educação vamos reunir os coordenadores, para que eles levem o programa Agrinho para ser desenvolvido nas suas escolas”.


Solange Zaghi – Cianorte

“Vamos incentivar a participação e a implementação desse projeto na prática pedagógica, tendo o programa como um complemento do currículo escolar”.


Maria Isabel – Londrina

“Felizmente temos uma parceria muito boa com o SENAR-PR e a divulgação acontece de forma intensa. Agora vamos conversar de perto com os professores para que ele seja implementado em sala de aula”.


Luci Helena Gasparotto Moser – Apucarana

“Já temos um trabalho em andamento. Agora vamos ampliar a divulgação para que esse seminário tenha bastante participação das escolas estaduais”.


Maria Américo – Umuarama

“Vamos incentivar os diretores das escolas a participar e fazer uma proposta para toda comunidade se envolver”.


Mariangela Viana – Pato Branco

“Já estamos com 90% das escolas estaduais participando, a intenção é divulgar o programa para chegar a 100% das escolas”.


Lidia Nanci Santos – Pitanga

“Primeiramente vamos incentivar a participação dos professores. Felizmente Pitanga já tem um histórico de participação no programa”.


Jiane Ribeiro Chik – Guarapuava

“Vamos incentivar os professores a usarem esse programa e mostrar que dá para ir além do quadro negro e do giz em sala de aula”.


Luiz Balan – Maringá

“Vamos mostrar tanto para os professores quanto para os pais dos alunos que o Agrinho vai muito além da temática do meio ambiente”.


 

Maurício Angelo dos Santos – Paranavaí

“A partir dos conhecimentos obtidos aqui vamos levar para os colégios uma proposta de trabalho integrado com os alunos e a comunidade escolar”.


Sandra Cristina Fellipe – Ivaiporã

“Agora que já conhecemos o material, vamos leva-lo para toda equipe e trabalhar com os pedagogos para que eles abracem a causa”.


Nádia Sales – Foz do Iguaçu

“Temos como principal elo para este trabalho os pedagogos, trabalhar o Agrinho com eles será o primeiro passo para difundir a ideia em cada escola”.


 

Adriana Tostanowski – Ponta Grossa

“A primeira etapa é o contato com a gestão das escolas e com os pedagogos. Eles precisam conhecer a importância desse material”.


Rejane München – Toledo

“Falo constantemente sobre a diversidade de temáticas presentes no Agrinho, que integram todas as disciplinas”.


Gisele Isoton – Dois Vizinhos

“Vamos mostrar que o material pode ser usado em várias temáticas, e que é algo possível de ser implementado”.


Rosemeire Vesaro – União da Vitória

“Já divulgamos para as escolas, agora vamos conversar com os professores e ajuda-los no que for preciso”.


Rosa Maria Campos – Cornélio Procópio

“Nosso objetivo é integrar toda a equipe com o material do Agrinho, que integra todas as disciplinas”.


Ieda Maria Santos – Jacarezinho

“Temos uma pessoa que coordena esse trabalho, vamos dar apoio para que ela possa desenvolver esse trabalho e que mais escolas participem”.


Hilda Morais Ribeiro – Ibaiti

“Vamos divulgar o programa, conversar com os professores e fazer eles perceberem a importância desse trabalho”.


Regiane Timótio Baldi – Campo Mourão

“Vamos unir as escolas em torno do projeto e fazer com que as ações sejam efetivadas pelos professores”.


Edna Aparecida Filipin – Goioerê

“Vamos envolver todas as escolas do município, por meio de visitas, para desenvolver o que cabe a elas”.


Fabiane Rodrigues – Paranaguá

“A primeira coisa é ver em que situação estão as secretarias municipais em relação ao programa e fortalecer sua presença nas escolas estaduais”.


Marli Marqueviski – Laranjeiras do Sul

“Vamos fortalecer o Agrinho divulgando o programa para a equipe pedagógica e fazendo visitas nas escolas e trabalhando com os professores”.


Deize Mara Inácio Silva – Loanda

“Como nosso núcleo atende 12 municípios, vamos levar esse projeto e tentar unir as escolas municipais e estaduais”.


Meirielli Gusso Cobalchini – Área Metropolitana Sul

“Vamos divulgar para as escolas estaduais, porque nas prefeituras já tem bastante conhecimento sobre o programa”.


Patrícia Portela – Irati

“Vamos fazer um trabalho mais aprofundado junto às pedagogas, fazer um dia de estudo para mostrar que o material é bom e pode ser utilizado”.


Adriana Biancato – Cascavel

“Para quebrar a resistência vamos ter que, em cada caso, em cada formação e reunião, levar esses subsídios e tentar fundamentá-los”.


Paulo Henrique Schwalm – Francisco Beltrão

“Nas reuniões vamos esclarecer mais os objetivos do programa e disseminá-lo através dos documentadores escolares”.


Ana Maria de Souza – Wenceslau Braz

“Vamos fazer uma formação com o material que recebemos aqui e chamar um município que tem mais experiência no programa para contar da experiência dele”.


Roseli Correia Casagrande – Assis Chateaubriand

“Temos no núcleo um técnico responsável pelo Agrinho, vamos sentar com ele e fazer um trabalho junto às escolas e os pedagogos”.


Suliane Costa de Oliveira – Área Metropolitana Norte

“Primeiro vamso divulgar o seminário para os professores e num segundo momento reunir os pedagogos, grêmios estudantis, para eles também ajudarem a divulgar esse trabalho dentro da escola”.


Sueli Beker – Curitiba

“Aqui em Curitiba existe uma falsa ideia de que o Agrinho só fala das coisas do cmapo. Vamos desmistificar isso”.


Maria Clarisse – Telêmaco Borba

“Vamos dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito, romper a resistência e fazercom que mais professores usem o material”.


Glauco Teixeira – Curitiba/SEED

“Dentro da secretaria podemos articular com outros departamentos e também com os núcleos regionais de educação o fortalecimento do programa”.

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom