Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 29/09/2017 - 17h00
Postado em Destaques, Viagem Técnica

29/09/2017 17h00 - Postado em Destaques, Viagem Técnica

Uma política de Estado para a bioenergia

Uso da biomassa para produzir eletricidade e calor vai manter o Paraná na vanguarda tecnológica

A criação de uma política pública voltada à produção de energia renovável é um “caminho sem volta” para o Paraná. O uso da biomassa na produção de energia elétrica e calor é uma oportunidade para manter o Estado na vanguarda tecnológica. Sistematizar a exploração, via criação de uma legislação específica, irá contribuir para estabelecer parâmetros nesta direção.

Para colaborar com o debate, o Sistema FAEP/SENAR-PR organizou, em 2017, quatro viagens técnicas à Europa. Produtores rurais, técnicos, lideranças sindicais e representantes governamentais visitaram Itália, Alemanha e Áustria, países onde a energia renovável é uma realidade. No continente europeu puderam conhecer modelos, fabricantes e produtores de energia renovável. Foram a campo para saber as histórias de quem usa a bioenergia para combater o passivo ambiental e ter renda extra com a venda da energia produzida com a biomassa. A Europa há mais de 20 anos estimula a bioenergia. São investidos bilhões de euros em subsídios anualmente para produção de energia renovável: fotovoltaica, eólica e biogás.

No dia 22 de setembro, uma nova delegação paranaense chegou em solo europeu. Entre os integrantes da comitiva estão os secretários estaduais de Planejamento e Coordenação Geral, Juraci Barbosa, e da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara. Na comitiva que percorrerá por duas semanas regiões da Itália, Áustria e Alemanha, também estão técnicos da Copel, do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e da Itaipu Binacional, além de um representante da Fecomércio.

Leia mais sobre a viagem técnica aqui.

Título da Postagem: Uma política de Estado para a bioenergia

imprensa@faep.com.br