Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 12/06/2019 - 14h33
Postado em Destaques, Notícias, Senar - PR

12/06/2019 14h33 - Postado em Destaques, Notícias, Senar - PR

SENARs de outros Estados capacitam seus instrutores no Paraná

Colaboradores de instituições passam por capacitação técnica e, posteriormente, fazem adaptações regionais

Fomentar a formação profissional e a promoção social das pessoas do meio rural: essa é, em síntese, a missão do SENAR-PR. Em seus 26 anos de história, a instituição já contribuiu com a profissionalização e melhoria da qualidade de vida de milhares de produtores e trabalhadores rurais e seus familiares no Estado. Os resultados das ações e atividades capacitadoras do SENAR-PR, inclusive, ganham repercussão em outros Estados.

Na primeira quinzena de junho, por exemplo, a administração do SENAR do Espírito Santo irá promover uma capacitação dos seus técnicos do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) no Centro de Treinamento para Pecuaristas (CTP) de Castro, na região dos Campos Gerais do Paraná. O grupo, composto por 10 técnicos do SENAR-ES, fará um treinamento em “Manejo de Gado de Leite para Produtores”.

Segundo a coordenadora do ATeG do SENAR-ES, Cristiane Veronesi, o programa está com uma equipe técnica para atender a cadeia de leite, com perspectiva de aumentar o número de produtores assistidos. “Atualmente, são 95 produtores que estão sendo atendidos e queremos aumentar para mais 200. Essa capacitação vai nos ajudar”, conta.

A escolha pelo SENAR-PR se explica pela referência consolidada da instituição a nível nacional. “A decisão foi unânime”, revela a coordenadora do ATeG do SENAR-ES. “O pessoal já vinha falando de Castro, e quando surgiu a oportunidade de fazer a capacitação em leite, a primeira sugestão foi o SENAR-PR”, complementa.

O assessor técnico do SENAR-ES e responsável pela coordenação da viagem, Vinícius Tavares, revela, ainda, que o SENAR-PR é referência para o Espírito Santo em outros treinamentos e cursos. “Nós adaptamos algumas capacitações para a nossa regional. Então, a expectativa para essa visita é a melhor possível. Essa troca de conhecimentos só vem a acrescentar para a melhoria da qualidade da nossa assistência técnica ao produtor. Queremos melhorar nossa metodologia e trazer novos conhecimentos, pois o foco é o produtor rural”, evidencia. “Essa abertura para nós talvez seja a primeira de muitas outras”, complementa Tavares.

Recentemente, o SENAR-PR já ofertou capacitações para técnicos de Santa Catarina, e promoveu ações para os colaboradores do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e
Extensão Rural (Emater).

Infraestrutura de qualidade

Uma das mais antigas organizações de apoio aos produtores rurais da região Sul, o CTP de Castro é reconhecido em termos de genética animal, manejo, solo e clima. A Granja
demonstrativa utilizada pelo CTP possui dois setores de produção: Pequena Unidade, com área de 15,5 hectares, com gado Jersey, e a Grande Unidade, com 92 hectares, com gado holandês e jersolando.

Em termos simples, a Pequena Unidade corresponde ao trabalho de um casal num rebanho de uma pequena propriedade, enquanto a Grande Unidade já tem objetivo de exploração comercial com aplicação de alta tecnologia. No total, são cerca de 770 animais no plantel. Em 2018, a produção foi de mais de 3,8 milhões de litros de leite. O CTP de Castro tem como princípio-chave a formação conceitual. “O nosso trabalho é baseado em conceitos técnicos. Assim, os profissionais de outro Estado serão capazes de fazer pequena adaptações porque aprenderam conceitos, como princípios de qualidade, boas práticas, protocolos, higiene, bons tratos, bem-estar animal, entre outros”, destaca o técnico do SENAR-PR Alexandre Lobo Blanco.

Um dos desafios dos técnicos do SENAR-ES será a adaptação climática, principalmente nas indicações de manejo, devido às diferenças entre o clima temperado dos Campos Gerais e o clima tropical capixaba. “Esse será o desafio. Mas conhecendo o princípio, é possível aplicar em qualquer sistema produtivo. É assim que o SENAR-PR trabalha”, observa Lobo Blanco, que irá acompanhar a visita do grupo do Espírito Santo.

Os cursos ofertados pelo CTP de Castro trabalham conhecimentos técnicos e vivências práticas, ofertando uma filosofia de criação com base na ciência animal para que o produtor esteja apto a tomar decisões. “É o gargalo que a gente precisa, a união da vivência no campo com a parte técnica para dar uma guinada na produção de leite no Espírito Santo. Por ser do próprio sistema, por ser SENAR, por saber do trabalho com a cooperativa de leite de Castro, isso mostra a importância de capacitar os nossos técnicos, além da excelência do trabalho do Paraná”, resume Cristiane.

Título da Postagem: SENARs de outros Estados capacitam seus instrutores no Paraná

imprensa@faep.com.br