Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 03/10/2013 - 12h00
Postado em Grãos

03/10/2013 12h00 - Postado em Grãos

Projeção definida

Faturamento da cafeicultura poderia chegar a R$ 400 milhões em 20 14 no Paraná, mas deve ser reduz ido a R$ 150 milhões

O governo brasileiro antecipa em entrevistas de diretores do Ministério da Agricultura qual deve ser a projeção da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) para a safra 2013/14. Devem ser colhidas 3 milhões de toneladas de grãos a mais, apontam Wilson Vaz (Economia Agrícola) e Edilson Guimarães (Comercialização e Abastecimento Agrícola e Pecuário). Eles se baseiam nas previsões para a soja o milho, que representam atualmente 87% da produção de grãos. Esse incremento deve resultar numa colheita de 190 milhões de toneladas até julho de 2014, considerando 15 grãos avaliados pela Conab. Na última temporada, com 81,45 milhões (t) de soja e 81,34 milhões (t) de milho, a safra foi de 187 milhões (t). A produção de soja está em expansão e a de milho deve cair. A primeira projeção da Conab para 2013/14, a ser divulgada dia 9, considera intenção de plantio e as médias de produtividade dos últimos anos. Ou seja, se o clima for melhor do que o registrado para esse nivelamento (que inclui anos de quebra como 2011/12, quando a seca consumiu 10 milhões de toneladas de soja na Região Sul), o país tem chance de superar as 190 milhões.

Logística

R$ 5 bilhões estão disponíveis no crédito rural para construção de armazéns. A safra ameaça agravar a sobrecarga em silos, estradas e portos.

Fonte: Gazeta do Povo – 03/10/2013

Título da Postagem: Projeção definida

imprensa@faep.com.br