Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 25/02/2015 - 17h57
Postado em Sem categoria

25/02/2015 17h57 - Postado em Sem categoria

Produtores acumulam prejuízos com o bloqueio das estradas

Em Medianeira, região Oeste do Estado, os produtores de leite deixaram de entregar na unidade da Frimesa 160 mil litros de leite por dia por causa da paralisação

Um cenário de pesadelo. É esta a descrição do avicultor Genir Cambruzzi, da cidade de Dois Vizinhos, no Sudoeste do Paraná, sobre a situação vivida nos últimos dias em que os caminhoneiros paralisaram estradas, estancando o transporte de cargas em todo país.

Com dois aviários e capacidade de alojar 55 mil frangos, o produtor, integrado da BRF, dispõe de ração para alimentar as aves somente até sexta-feira (27), se nenhuma grande mudança ocorrer até este dia, o destino de 54.500 frangos com 12 dias de vida será o descarte. Ele não é o único, seu caso serve para ilustrar a situação vivida por muitos avicultores da região. Apenas na unidade da BRF em Dois Vizinhos são abatidos 660 mil frangos por dia. “Não estamos dormindo à noite, jamais pensei que isso pudesse acontecer”, desabafa.

Em Medianeira, região Oeste do Estado, a situação não é diferente. Lá, os produtores de leite deixaram de entregar na unidade da Frimesa 160 mil litros de leite por dia. Os prejuízos se acumulam nas milhares de pequenas propriedades rurais como a do produtor Valter Peterli, 66 anos, que produz 2 mil litros/dia, na propriedade de 17,5 hectares .Por causa da paralisação, o produtor descartou sua produção porque o laticínio da região não consegue receber a matéria-prima.

Insatisfeito ele desabafa sobre a falta de administração da economia do país. Ouça o áudio:

 

Título da Postagem: Produtores acumulam prejuízos com o bloqueio das estradas

imprensa@faep.com.br