Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 02/03/2015 - 15h53
Postado em Sem categoria

02/03/2015 15h53 - Postado em Sem categoria

PAP 2015/16

Entre as propostas, as entidades solicitam a redução na taxa de juros ou, em último caso, manter as atuais taxas de juros do crédito rural para custeio, investimento e comercialização

A FAEP em conjunto com a Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar) e a Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab) e com apoio dos sindicatos rurais, produtores e técnicos enviou ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), nesta segunda-feira, um documento com propostas Plano Agrícola e Pecuário e Plano Safra (PAP) 2015/16.

Entre as sugestões, as entidades solicitam a redução na taxa de juros ou, em último caso, manter as atuais taxas de juros do crédito rural para custeio, investimento e comercialização. “Aumentar o volume total de recursos de crédito rural, passando de R$ 180 bilhões para R$ 207 bilhões, destinando R$ 180 bilhões à agricultura empresarial e R$ 27 bilhões à agricultura familiar para a safra 2015/16, considerando o aumento de 15% no custo de produção das principais culturas de verão, calculado pela Conab. Incluir no Manual do Crédito Rural norma restringindo a exigência de reciprocidade por parte dos agentes financeiros nas contratações de crédito rural, evitando a prática da venda casada. Isentar o Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros (0,38%) nas operações de crédito rural”. Clique aqui e confira o documento na íntegra.

O coordenador do Departamento Técnico Econômico (DTE), Pedro Loyola, comenta as principais medidas solicitadas pelas instituições.

 

Título da Postagem: PAP 2015/16

imprensa@faep.com.br