Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 26/12/2016 - 09h00
Postado em Destaques

26/12/2016 09h00 - Postado em Destaques

O que esperar do agronegócio em 2017?

Material elaborado pela CNA traça tendências para a agropecuária

Previsões do futuro são sempre arriscadas, mas quando estão balizadas em dados concretos e análises especializadas, tornam- -se uma importante ferramenta para planejar os próximos passos de uma empresa ou de uma propriedade rural. Pensando nisso, a Confederação Nacional da Agricultura (CNA) divulgou o balanço da atividade agropecuária no ano de 2016 e as perspectiva para 2017, no último dia 06 de dezembro.

O ano foi marcado por instabilidade política e imensas dificuldades econômicas, como inflação, desemprego, aumento dos gastos públicos e encolhimento da economia como um todo. A esses desafios, o agronegócio respondeu com trabalho e produtividade. Apesar do fenômeno El Niño ter derrubado a safra nacional de grãos para o menor volume em seis anos, o setor mostra indícios de recuperação e se prepara para colher, em 2017, uma safra recorde. Segundo a confederação, em 2016 o Paraná foi o Estado que apresentou a menor quebra na produção de grãos em relação ao ano anterior: apenas 5%.

A projeção da CNA é que o Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio deva crescer 2% em 2017, enquanto o desempenho estimado para a economia é de expansão de 1,1%. Segundo a entidade, essa estimativa reflete a expectativa de uma boa safra e câmbio favorável, que devem influenciar positivamente os setores de insumos e produção primária. Esse crescimento só não será maior por conta do baixo desempenho da agroindústria esperado para o próximo ano.

A matéria completa você confere aqui

Tags:, ,

Título da Postagem: O que esperar do agronegócio em 2017?

imprensa@faep.com.br