Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 09/04/2016 - 10h00
Postado em Destaques

09/04/2016 10h00 - Postado em Destaques

Mobilizar e pressionar

Ágide Meneguette – Presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR

Vivemos um momento de profunda crise política, econômica e moral, diante desse quadro o setor que tem sustentado a economia é o agronegócio. Em vez de receber apoio do governo da presidente Dilma, ela recebe no Palácio do Planalto um dirigente da Contag que defendeu abertamente a invasão de propriedades rurais, incitando a violência como recurso de pressão política.

Diante desse cenário, a FAEP, que sempre se posicionou de forma clara e firme em relação aos assuntos que afetam o produtor rural, defende que a CNA, como representante maior do setor, entre com uma representação na Procuradoria Geral da República contra Aristides Santos, secretário da Contag, e contra a própria Contag, que divulgou manifesto em apoio ao seu dirigente. Uma outra representação tem que ser contra o ministro da Justiça, Eugênio Aragão, que desrespeitou o seu juramento de garantir o cumprimento da Constituição Federal ao dizer que a atitude de Aristides Santos é justificável.

No mínimo, as pessoas que incitaram a realização de atos criminosos deveriam vir a público e se retratarem pela inconsequência de suas palavras.

A FAEP tem se manifestado favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff, entendendo que o país se tornou ingovernável. O grupo que está no poder não tem credibilidade para tomar as medidas necessárias para que a economia volte a crescer.

Como resposta a esses acontecimentos, a FAEP está mobilizando seus sindicatos rurais, para acompanhar a votação na Câmara dos Deputados, prevista para o dia 17 de abril, e pressionar os deputados que ainda não se decidiram em relação ao impeachment, deixando clara a nossa posição.

Título da Postagem: Mobilizar e pressionar

imprensa@faep.com.br