Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 24/10/2017 - 12h55
Postado em Destaques, Milho

24/10/2017 12h55 - Postado em Destaques, Milho

Mapa define Zarc do milho safrinha no Paraná

Zoneamento Agrícola de Risco Climático tem como objetivo minimizar os riscos relacionados aos fenômenos climáticos adversos, possibilitando ao produtor identificar o melhor período de semeadura das lavouras

A Portaria n° 214, de 20 de outubro de 2017, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), publicada no Diário Oficial da União no dia 23, aprova o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) dos municípios aptos ao plantio de milho safrinha no Paraná na safra 2017/18 e os períodos com menor risco para a cultura.

O Zarc é um instrumento para auxiliar a gestão de riscos na agricultura. O objetivo é minimizar os riscos relacionados aos fenômenos climáticos adversos, possibilitando ao produtor identificar o melhor período de semeadura das lavouras, nos diferentes tipos de solo e ciclos de cultivares.

Seguir as recomendações do Zarc é obrigatório aos produtores que contratam o Seguro Rural e/ou Proagro. Muitos agentes financeiros solicitam que os agricultores respeitem as indicações do zoneamento agrícola na tomada de crédito rural, podendo perder o direito às indenizações. Além disso, no seguro rural, caso o produtor não siga essas recomendações, perde o direito à subvenção do prêmio.

Em função da nova metodologia adotada na safra passada pela Embrapa, responsável pelo estudo, a estratificação do risco climático é dividida em três níveis: 20%, 30% e 40%. A metodologia anterior considerava que o melhor período de plantio era com ocorrência de 20% de risco de perda significativa da safra e 80% de sucesso. Na nova metodologia, além do percentual de 20%, o menor nível de risco apurado, foi acrescentado os níveis de maior risco para o resultado da produção, de 30% e de 40%.

É recomendável aos produtores que planejem a safra nos períodos de plantio com risco menor, 20%, por duas razões: muitas seguradoras não têm aceitado a contratação de seguro rural com riscos nas faixas de maior risco (30% e 40%), além do fato que a boa prática agrícola é caracterizada por decisões que mitiguem ao máximo os riscos climáticos. Neste caso, os melhores períodos de plantio com menores perdas de produção têm indicação de risco de 20%.

Para verificar o ZARC dos municípios do Paraná, acesse o seguinte link:

http://www.agricultura.gov.br/assuntos/riscos-seguro/risco-agropecuario/portarias/safra-vigente/parana

Para acessar a íntegra do ZARC de milho 2ª safra clique aqui.

Word

PDF

Título da Postagem: Mapa define Zarc do milho safrinha no Paraná

imprensa@faep.com.br