Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 20/12/2018 - 13h18
Postado em Destaques, Notícias

20/12/2018 13h18 - Postado em Destaques, Notícias

G7 aponta rumo de projetos a serem executados no próximo governo

Governador eleito do Paraná, Carlos Massa Júnior, revelou parceria com entidades do setor produtivo, entre elas o Sistema FAEP/SENAR-PR

O G7 irá ocupar um papel de destaque no novo governo estadual para apontar um norte de quais são os projetos mais importantes a serem executados nos próximos quatro anos. Foi o que revelou o governador eleito do Paraná, Carlos Massa Júnior, nesta quinta-feira (20), em entrevista coletiva em Curitiba, em que também anunciou parte de seu secretariado. O G7 é o grupo que une as principais entidades representativas do setor produtivo do Paraná, do qual o Sistema FAEP/SENAR-PR faz parte (veja abaixo quais outras instituições fazem parte).

“O G7, até pelo seu histórico de planejamento, tem mais informação do que o próprio poder público. Os estudos elaborados nessa instância têm ajudado bastante, especialmente em infraestrutura. A ideia é manter o diálogo e chegar a soluções de forma conjunta”, pontuou o governador.

No dia 24 de julho, a FAEP entregou a Carlos Massa Júnior, então candidato ao governo do Paraná, o Plano Diretor para o Agronegócio do Paraná. O documento traz contribuições envolvendo o agronegócio estadual para o plano de governo, elaboradas com contribuição dos Sindicatos Rurais e técnicos do Departamento Técnico Econômico (Detec) da FAEP. Mais tarde, no dia 13 de agosto, a FAEP promoveu então o Encontro de Lideranças Sindicais, com representantes dos sindicatos rurais de todo o Estado. Os principais candidatos ao governo expuseram suas ideias ao agronegócio, entre eles Carlos Massa Júnior.

O G7 também deve ajudar o governo do estado a tirar do papel uma série de intervenções importantes ao desenvolvimento de todas as regiões do Paraná, principalmente no setor de logística. Ainda em dezembro, o grupo assinou um acordo de cooperação técnica com a Itaipu Binacional, para pôr em prática o projeto “Políticas públicas e fiscais para a melhoria do ambiente político e empresarial do Estado do Paraná”. Entre as ações e programas previstos, estão a construção de duas pontes entre o Brasil e o Paraguai.

Estudo

Assim que Carlos Massa Junior foi eleito governador do Paraná, o G7 viabilizou a contratação da Fundação Dom Cabral, que fez um minucioso estudo que norteou a reestruturação organizacional do Estado. Os apontamentos feitos pela fundação foram determinantes para a elaboração do projeto de governo de Massa Junior e que possibilitou, por exemplo, a redução do número de secretarias – de 28 para 15 pastas.

“Primeiro, [eu gostaria de] agradecer o G7, que nos ajudou a trazer a Fundação Dom Cabral, que é uma das instituições mais sérias e competentes do país na modernização da gestão públicas. Eles nos fizeram todo esse estudo aprofundado, que queremos implantar a partir de janeiro”, disse o governador eleito.

Sobre o G7

O G7 é formado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Fecoopar), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (Fetranspar) e Associação Comercial do Paraná (ACP).

Título da Postagem: G7 aponta rumo de projetos a serem executados no próximo governo

imprensa@faep.com.br