Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 10/07/2014 - 11h04
Postado em Agronegócios, Feijão, Grãos, Milho, Notícias, Seguro Rural, Soja, Trigo

10/07/2014 11h04 - Postado em Agronegócios, Feijão, Grãos, Milho, Notícias, Seguro Rural, Soja, Trigo

Falta de dados é entrave para melhorias no Seguro Rural

As seguradoras precisam saber exatamente o que está plantado e onde

_MG_8988Um dos principais pleitos do setor agrícola é a melhora nas coberturas do Seguro Rural, medida dificultada pela falta de dados atualizados sobre a proporção das áreas de plantio e suas respectivas culturas.

“As seguradoras precisam saber exatamente o que está plantado e onde. A princípio isso não cabe ao estado, mas sim ao Ministério e às próprias agências de seguro, para que sejam elaborados produtos que atendam melhor as necessidades do produtor”, diz a secretária estadual de Agricultura, Mônika Bergamaschi.

Em entrevista recente ao DCI, o presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Luiz Carlos Correa Carvalho, disse que mais de 90% da área plantada nos EUA são seguradas, enquanto no Brasil este índice fica em 6%.

Mônika explica que na agricultura norte-americana a obtenção de dados atualizados é mais fácil porque parte do ano dá possibilidades para produção agrícola e em outra parte há neve. No Brasil, as segundas e até terceiras safras das culturas dificultam o estabelecimento de mensurações condizentes com a realidade.

“Em uma safra o produtor planta soja e o preço do milho sobe. Então ele parte para o milho na próxima safra do mesmo ano e o valor cai, só que tudo acontece na mesma área”, completa.

Outra questão levantada pela secretária é a ausência de um seguro de renda no País. “Houve uma seca seriíssima nos Estados Unidos e lá há esta modalidade de seguro. Se o produtor estimava produzir mil toneladas e produziu 700, pouco tempo depois chega pelo correio um cheque do governo com a diferença”, conta.

Para minimizar este cenário, o Levantamento Censitário das Unidades de Produção (Lupa) descreve para qual fim a terra é usada e a cultura com que está ocupada na safra.

Fonte: DCI – São Paulo/SP – 10/07/2014

Título da Postagem: Falta de dados é entrave para melhorias no Seguro Rural

imprensa@faep.com.br