Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 25/03/2019 - 09h23
Postado em Destaques, Faep, Notícias

25/03/2019 09h23 - Postado em Destaques, Faep, Notícias

FAEP treina colaboradores de sindicatos sobre Imposto de Renda

Curso dividido em três níveis contou com 61 participantes de 43 entidades rurais, que poderão atender os produtores

Os produtores rurais precisam ficar atentos aos detalhes na hora de preencher a declaração de Imposto de Renda 2019. Algumas recentes mudanças, como a obrigatoriedade do Livro Caixa Digital do Produtor Rural (LCDPR), levantaram dúvidas sobre o que deve ser feito e o que está incluso nas novas regras. Nesse sentido, com o objetivo de manter os colaboradores dos sindicatos rurais atualizados, a FAEP promoveu um treinamento em Imposto de Renda, durante o mês de março, em Curitiba.

O curso foi dividido em três módulos para atender os diferentes níveis de conhecimento dos participantes, com turmas nos níveis Básico, Avançado I e Avançado II. A formação Básica destinada a quem possuía pouco conhecimento sobre o tema, com carga-horária de 16 horas, atendeu 17 participantes de 11 sindicatos rurais. O Avançado I, considerado um módulo intermediário também com 16 horas, formou 16 participantes de 13 entidades. A proposta foi atender os colaboradores que já fizeram declarações, mas que ainda não têm completo domínio do assunto.

Já o módulo Avançado II, com oito horas, teve duas turmas e capacitou 26 participantes de 18 sindicatos rurais. Nesta etapa, os participantes puderam se aprofundar no tema e ter acesso a conteúdos mais específicos. No total, o curso capacitou 61 colaboradores de 43 sindicatos rurais de todo o Paraná.

Para o instrutor Valdecir Mokwa, responsável por ministrar o curso, é importante que o produtor rural receba as orientações adequadas sobre como fazer a declaração de Imposto de Renda e, para isso, os profissionais dos sindicatos precisam estar bem capacitados. “Nós temos situações específicas da atividade rural. Nesses treinamentos, demos ênfase na questão do Livro Caixa da Atividade Rural e, especialmente para o ano de 2020, mas que já está em vigor em 2019, o Livro Caixa Digital, que traz uma série de novidades e obrigações que o produtor estará sujeito em relação à gestão da sua propriedade”, exemplifica.

Com a formação, os colaboradores dos sindicatos rurais poderão orientar os produtores sobre essa novidade, que inclui regras referentes à movimentação financeira da propriedade e administração dos pagamentos e receitas. Ainda em relação à declaração de Imposto de renda, Mokwa alerta que, independente das mudanças, o produtor precisa ficar atento durante o ano todo. “Tudo o que foi feito no ano será utilizado no momento da declaração”, destaca.

Prestação de serviços

Segundo a colaboradora do Sindicato Rural de Astorga Marcia Cristina da Silva, é fundamental que o produtor tenha acesso às informações corretas, principalmente devido às mudanças que ocorreram. Neste momento, o sindicato precisa repassar esse conhecimento. “O curso auxilia a passar as orientações aos produtores, conscientizá-los da importância de fazer a declaração e como devem se organizar daqui para frente com a nova legislação”, afirma.

Angelo Marcelo Foppa, do Sindicato Rural de Chopinzinho, destaca a importância de os colaboradores estarem atualizados sobre as obrigatoriedades da declaração relacionada à atividade rural. “O sindicato é a casa do produtor rural, onde ele pode buscar conhecimento para suas dúvidas. Ou seja, precisamos estar prontos para atendê-lo, oferecendo informações coerentes e de primeira mão, em termos de novidades”, aponta.

Já o colaborador Rafael Almeida, do Sindicato Rural de Guarapuava, reconhece o trabalho da FAEP em oferecer treinamentos como esse aos sindicatos rurais. “Além de ser importante para os sindicatos, é muito bom para a formação profissional de cada um. A inovação que a FAEP proporciona para nós é sempre interessante”, conclui.

imprensa@faep.com.br