Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 05/03/2013 - 12h00
Postado em Notícias

05/03/2013 12h00 - Postado em Notícias

FAEP pede limite adicional de crédito para feijão e milho

Agentes financeiros não garantem liberação de crédito extra

O presidente do Sistema FAEP, Ágide Meneguette, encaminhou aos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Fazenda e à Casa Civil, ofício solicitando a concessão, em caráter urgente, de limite de crédito adicional de custeio da safra de inverno para as culturas de milho e feijão no valor de R$ 800,0 mil e R$ 500,00 mil por beneficiário, respectivamente, conforme foi autorizado na safra 2012/13.

Foi solicitado também no documento que "esses limites adicionais possam ser concedidos anualmente, em cada safra, sem a necessidade de autorizações transitórias que terminam ao final de cada safra de verão e prejudicam a condução da safra de inverno.

O expediente lembra que a Resolução nº 4.124 do Conselho Monetário Nacional-CMN autorizou, em 23 de agosto de 2012, a concessão de limite adicional de crédito de custeio paras as culturas de milho e feijão na safra 2012/13.

"Essa medida foi fundamental para ampliar as áreas plantadas de milho e feijão e assegurar maior disponibilidade desses produtos, especialmente em uma safra marcada pela estiagem que fez os preços desses produtos subir significativamente", disse Meneguette. Os preços mais elevados, no caso do milho, elevaram os custos de produção para as atividades de avicultura e suinocultura, colocando – as em crise.

A concessão de limite adicional de crédito de custeio para as culturas de milho e feijão no Paraná é importante para produtores que plantam a safra de inverno a partir de janeiro de 2013, além daqueles já que plantaram a safra de verão para milho e soja.

No entanto, conforme informações dos agentes financeiros, "a Resolução 4.124 não garante a liberação de crédito extra para o plantio da safra de inverno. Isso inibe a ampliação de área com consequências negativas para o segmento de carnes e para os consumidores de modo geral", relata a presidência do Sistema FAEP..

 

Sementes de milho convencional

Durante reunião da Comissão de Cereais, Fibras e Oleaginosas da FAEP, no último dia 4, levantou-se o problema enfrentado por produtores na aquisição de sementes de milho convencional, utilizadas na chamada "área de refúgio". Há sérias dificuldades na aquisição dessas sementes. A FAEP criou um grupo de trabalho para buscar uma solução.

imprensa@faep.com.br