Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 10/10/2019 - 15h39
Postado em Destaques, Tecnologia

10/10/2019 15h39 - Postado em Destaques, Tecnologia

Evento promove uso da tecnologia para gestão de riscos no campo

Estudantes de diversas áreas estarão reunidos no Agrohackaton 2019 com a proposta de desenvolver soluções inovadoras para o agronegócio

Com a revolução digital, até os mais tradicionais mercados e modelos de negócio se viram em um cenário em que a inovação tornou-se estratégia fundamental para o desenvolvimento. No agronegócio, essa realidade não é diferente. Pensando no futuro de um dos setores mais importantes da economia brasileira que surgiu o Agrohackaton, iniciativa que irá promover uma maratona para imersão nas atuais problemáticas do setor produtivo e desenvolvimento de soluções aliadas ao uso de tecnologias.

O evento está marcado para os dias 11, 12 e 13 de outubro, no Setor de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba. A organização é do Centro de Economia Aplicada, Cooperação e Inovação do Agronegócio (CEA) da UFPR e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), com apoio do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Sistema Ocepar.

“A promoção da educação é um dos alicerces do trabalho que realizamos junto aos produtores rurais, por meio de cursos, treinamentos e programas desenvolvidos. Ainda, temos a preocupação enquanto entidade de buscar soluções conjuntas para o fortalecimento do setor, sempre atentos às demandas que vêm do campo. Por isso, fomentar esse debate dentro das universidades, unindo conhecimentos e gerando oportunidades aos estudantes, pode, num futuro próximo, contribuir de forma tão significativa para o agronegócio do Paraná e do Brasil”, afirma o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette.

Encontro para inovação

O Agrohackaton está na sua segunda edição e promove o encontro de estudantes de diversas áreas. Segundo um dos coordenadores do evento, o professor Roberto Cândido, da UTFPR, essa integração é um dos pontos fundamentais da iniciativa. “É um projeto em conjunto. Quando diferentes áreas do conhecimento estão em contato, a possiblidade de sair uma ideia inovadora é gigantesca. Às vezes, um aluno de engenharia da computação não tem a visão de como utilizar o seu conhecimento para além do que está habituado. No Agrohackaton, ele tem essa oportunidade”, destaca o professor.

Neste ano, os participantes terão a missão de desenvolver soluções para os principais gargalos relacionados à gestão de riscos rurais, desde o monitoramento da produção ao aperfeiçoamento de políticas públicas como seguro rural e o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro).

O professor Gilson Martins, coordenador do evento pelo CEA-UFPR, destaca que a gestão de riscos é um dos temas mais importantes na política agrícola e que, atualmente, exige cada vez mais o uso de tecnologias, tais como drones, geoprocessamento, bancos de dados, aplicativos e plataformas digitais.

“São tecnologias que poderão ajudar na redução de custos de produção para o produtor rural, além de aprimorar o que já existe para melhoria de produtividade e na operação dos programas de gestão de riscos. É o momento de transformar o modo de pensar do agronegócio na revolução digital. É assim que vamos gerar mais renda e empregos”, pontua Martins.

Além disso, o Agrohackaton pode gerar oportunidades tanto para os estudantes quanto para o setor, por meio da incubação de ideias e criação de novos modelos de negócio. “O Agrohackaton é uma maratona muito provocativa no sentido de produzir ideias que possam ser aplicadas na prática. Ainda, o evento oferece uma oportunidade para os estudantes entenderem o que acontece no mercado, que exige um profissional cada vez mais diferenciado”, enfatiza Martins. 

O que é um hackaton?

Hackathon é um evento que reúne profissionais dos mais diversos âmbitos da área de tecnologia em maratonas de trabalho com o objetivo de criar soluções específicas para um ou vários desafios. A palavra hackathon é resultado da união de dois termos ingleses, hack (programar com excelência) e marathon (maratona).

Leia mais matérias sobre o agronegócio no Boletim Informativo.

Título da Postagem: Evento promove uso da tecnologia para gestão de riscos no campo

imprensa@faep.com.br