Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 16/06/2015 - 12h53
Postado em Eventos

16/06/2015 12h53 - Postado em Eventos

Especialista da MB Associados faz palestras em Maringá e Londrina sobre a tendência do mercado

Eventos com Alexandre Mendonça de Barros serão nesta terça e quarta-feira

A segunda etapa do Fórum de Agronegócios CBN em 2015, promovida pela Rádio CBN Maringá em parceria com a Cocamar Cooperativa Agroindustrial e a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), programou para esta terça (16) e quarta-feira (17), às 20h, respectivamente em Maringá e Londrina, uma palestra com Alexandre Mendonça de Barros, especialista em commodities agrícolas da MB Associados, de São Paulo. Os eventos serão realizados nos Parques de Exposições das cidades: a primeira no Restaurante Central e, a segunda, no auditório “Milton Alcover”. O acesso é livre e a expectativa é que cada palestra seja assistida por pelo menos 400 produtores.

COTAÇÕES – Barros vai abordar “Cenário e Perspectivas do Mercado de Commodities Agrícolas”, um tema sensível para os produtores de grãos – soja, milho e trigo – especialmente, que de um ano para cá viram as cotações internacionais despencar, como reflexo das grandes safras e da recomposição dos estoques globais. Para se ter ideia, o preço do bushel da soja caiu 34% nos últimos doze meses em Chicago, mas a disparada do dólar frente ao real, nesse mesmo período, acabou neutralizando a queda para os produtores brasileiros.

A agenda do Fórum será completada na próxima semana, com o retorno de Alexandre Mendonça de Barros ao Paraná, para palestras na quarta-feira (dia 24) e quinta-feira (25), respectivamente em Cascavel e Ponta Grossa.

DEFINIÇÃO – O vice-presidente de Negócios da Cocamar, José Cícero Aderaldo, acredita que dependendo do andamento da safra norte-americana de grãos que acaba de ser semeada, haverá uma definição do patamar dos preços a ser praticado não apenas no segundo semestre de 2015, mas também nos próximos anos. “O cenário não é dos melhores, resta esperar.” Para Aderaldo, as chuvas intensas das últimas semanas no Meio-Oeste são um indicativo de que, considerando as características do solo, que conseguem reter umidade por bastante tempo, a safra terá uma arrancada normal.

Título da Postagem: Especialista da MB Associados faz palestras em Maringá e Londrina sobre a tendência do mercado

imprensa@faep.com.br