Curso “Liderança Rural” já está disponível aos produtores rurais

Capacitação é voltada para a formação de líderes e protagonistas no campo. Módulos poderão ser realizados a partir de julho

Os sindicatos rurais de todo o Paraná já podem formar turmas para receber o curso Liderança Rural, disponibilizado pelo Sistema FAEP/SENAR-PR, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae-PR). A iniciativa faz parte das estratégias do Programa de Sustentabilidade Sindical, desenvolvido pela Federação desde o início de 2018 e tem como objetivo potencializar a capacidade transformadora dos líderes do setor e fomentar o surgimento de novos protagonistas do campo.

Na segunda quinzena de maio, o presidente da FAEP, Ágide Meneguette, enviou um ofício a todos os sindicatos rurais, informando que o curso Liderança Rural já está disponível. Para receber o curso, cada sindicato deve mobilizar seus associados e produtores de sua área de abrangência e formar turmas de 20 a 25 pessoas. Os módulos poderão ser realizados de julho a novembro deste ano.

“Esse curso foi apresentado no 1º Encontro Regional de Líderes Rurais. Agora, damos sequência à nossa estratégia de fortalecer o sistema sindical, por meio da formação de novas lideranças. Já tivemos uma turma-piloto e os resultados obtidos foram muito bons. Neste mundo em plena transformação, quem não se atualiza, fica para trás. E, mais uma vez, o Sistema FAEP/SENAR-PR sai na frente”, diz Meneguette.

Curso

O curso Liderança Rural foi desenvolvido pelo Sebrae-PR especificamente para o produtor rural, a partir de demandas e parâmetros solicitados pela FAEP. Em decorrência disso, chegou-se a uma capacitação em dois módulos, que totalizam 24 horas, dividas ao longo de três dias de atividades. Um dos responsáveis pelo treinamento, o consultor Celso Garcia, do Sebrae-PR, revela que o foco da capacitação é dar instrumentos aos participantes para que possam refletir sobre o próprio papel e, a partir disso, exercer papel de liderança.

“O programa foi desenvolvido de forma muito dinâmica, com foco central no comportamento humano. A gente quer criar condições para que as pessoas se percebam e que possam, com isso, promover mudanças estratégicas no seu jeito de ser e, por consequência, se tornarem líderes mais efetivos”, aponta.

Módulos

O primeiro módulo se estende ao longo de dois dias consecutivos, atingindo 16 horas de capacitação. Neste período, os participantes passarão por um processo de autoconhecimento, identificando o próprio perfil e reconhecendo seus talentos e limitações. Esta etapa também contempla os diferentes estilos de liderança, além de trabalhar métodos para trabalhar em equipe, construir consenso e cooperação.

“O ponto de partida é o autoconhecimento. O participante é convidado a exercitar uma percepção sobre si mesmo. A partir do momento em que ele se conhece acaba trabalhando a sua relação com os outros de forma muito mais efetiva”, exemplifica Garcia.

O segundo módulo ocorre duas semanas após a primeira etapa, com carga-horária de oito horas. Nesta fase, os participantes serão convidados a fazer uma análise do sindicato rural do qual fazem parte e sua região, identificando oportunidades para inovar e criar soluções de fortalecimento para o setor rural.

“A ideia é que, a partir dessas reflexões, os novos líderes possam efetivar seu potencial de liderança para transformar sua sociedade e desenvolver o meio em que vivem”, resume o consultor do Sebrae-PR.

Como compromisso, cada turma do curso Liderança Rural deve promover um encontro com produtores rurais de sua microrregião e compartilhar o conhecimento, principalmente no que diz respeito sobre o funcionamento do sistema sindical. Além de incentivar que mais pessoas venham a frequentar o curso, esse contato contribui para fortalecer os pilares da organização.

“Nós esperamos, com isso, criar um círculo virtuoso, em que mais produtores sejam sensibilizados a participar, fortalecendo ainda mais o sistema, o que, por sua vez, implicaria em mais conquistas para o setor. Todos ganham”, define João Lázaro, coordenador do Departamento Sindical da FAEP.

 

Para solicitar a realização do curso “Liderança Rural”, o sindicato rural precisa:

– Definir previamente as datas em que pretende realizar os módulos; – Formar pelo menos uma turma, entre 20 e 25 participantes, com idade mínima de 18 anos;

– Dispor de sala ampla, com mesas e cadeiras móveis, data-show e quadro;

Mais informações podem ser obtidas no Departamento Sindical da FAEP, pelo telefone (41) 2169-7963.

imprensa@faep.com.br