Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 12/04/2017 - 11h09
Postado em Cana-de-açúcar, Destaques

12/04/2017 11h09 - Postado em Cana-de-açúcar, Destaques

Açúcar: possibilidade de El Niño no 2° semestre puxa cotações

Preços do açúcar no mercado doméstico subiram 0,19% e etanol hidratado subiu 0,36%

Os preços do açúcar tiveram valorização nesta terça (11) nas bolsas internacionais, após um pregão de forte volatilidade. Em Nova York, no vencimento maio/17, a commodity foi cotada a 16.72 centavos de dólar por libra-peso, uma alta de nove pontos no comparativo com a véspera. No lote julho/17, ela subiu 14 pontos, com negócios firmados em 16.76 centavos de dólar por libra-peso.

Em Londres, os preços também tiveram valorização em todos os vencimentos. Os contratos para maio/17 foram negociados a US$ 484,20 a tonelada, alta de 5,40 dólares. Na tela agosto/17, a commodity subiu 1,40 dólar, cotada a US$ 473,20 a tonelada. Os demais lotes subiram entre 20 e 40 cents de dólar.

A explicação para essa alta está na incerteza em relação à oferta mundial na safra 2017/18, de acordo com o jornal Valor Econômico desta quarta-feira (12). “Embora estime-se hoje um superávit de até 3 milhões de toneladas, o possível retorno do El Niño no próximo semestre coloca em xeque essas previsões. Segundo os principais centros de meteorologia do mundo, há 40% a 50% de chances de o fenômeno ressurgir, o que comprometeria a recuperação da produção asiática após a quebra da safra 2016/17”, disseram os especialistas consultados pelo jornal.

Mercado interno

Segundo os índices do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), da USP, os preços do açúcar no mercado doméstico subiram 0,19%. Eles foram cotados a R$ 73,84 a saca de 50 quilos do tipo cristal.

Etanol

Os preços do etanol hidratado diário medidos pela Esalq/BVMF subiram 0,36% em relação ao dia anterior. Os negócios do biocombustível foram firmados em R$ 1.515,50 o metro cúbico.
Fonte: Udop

Título da Postagem: Açúcar: possibilidade de El Niño no 2° semestre puxa cotações

imprensa@faep.com.br