Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 04/10/2016 - 09h42
Postado em Agrinho, Destaques

04/10/2016 09h42 - Postado em Agrinho, Destaques

Uma história de amor

Há quase duas décadas, a professora Edna Aparecida Filipim participa, com relatos das experiências pedagógicas, da premiação do Programa desenvolvido pelo Sistema FAEP/SENAR-PR

No distante ano de 1998, um envelope verde, com alguns volumes dentro, literalmente transformaria a vida da professora Edna Aparecida Filipim. O pacote postal destinado à Escola Municipal Professora Leonilda, em Moreira Sales, na região Centro-Oeste do Estado, carregava o material de divulgação do Programa Agrinho. A ocasião foi o início de um casamento entre a educadora e o programa, que já dura 18 anos, sem prazo para terminar.

Na época, Edna era responsável pela coordenação pedagógica da escola em Moreira Sales e teve o primeiro contato com o Agrinho. Naquele ano, ainda em processo de familiarização sobre os detalhes do Programa, a professora veio a Curitiba, para o evento de premiação, acompanhando uma aluna que estava entre as finalistas. “Tive a oportunidade de conhecer de perto o programa e seus detalhes. Ali abriu uma nova porta e passei a utilizar o material, desenvolver trabalhos em sala de aula e participar do concurso. Nunca mais parei”, relata Edna.

Inquieta na profissão, Edna sempre procurou inovar nos trabalhos práticos envolvendo os alunos, pais e até, em certas ocasiões, a comunidade. Neste contexto, o Agrinho serviu como um trampolim para essa vontade de ensinar e, aprender ao mesmo tempo. Tanto que no ano seguinte, em 1999, iniciou atividades em sala de aula.

Clique aqui para ler a matéria completa no Boletim Informativo da FAEP

Título da Postagem: Uma história de amor

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom