Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 12/03/2018 - 12h20
Postado em Agrinho, Destaques

12/03/2018 12h20 - Postado em Agrinho, Destaques

Todos pelo Agrinho

SENAR-PR reúne coordenadores da educação básica de 32 núcleos regionais para fortalecer a difusão do programa junto à comunidade escolar

A realização do Programa Agrinho exige uma agenda intensa durante o ano inteiro acompanhando o calendário escolar. A começar pela elaboração dos materiais didáticos, elaborado por uma equipe multidisciplinar e a capacitação dos profissionais da educação que se encarregam de levar para o todo Estado, uma proposta pedagógica, baseada no paradigma da complexidade, que
atua de forma transversal às disciplinas convencionais, inserindo temas como meio ambiente, ética, cidadania, saúde e outros que permeiam a vida cotidiana no campo e na cidade e nem sempre encontram meios para serem trabalhados em sala de aula.

Para fortalecer este trabalho, no último dia 5 de março, o SENAR-PR reuniu, em Curitiba, os coordenadores da educação básica do Estado dos 32 núcleos regionais de educação, que se encarregarão de difundir o programa às escolas da rede estadual. Neste encontro, “apresentamos o histórico do programa e sua metodologia de trabalho.

A ideia é que eles voltem para os núcleos levando na bagagem esses conhecimentos e os repliquem aos diretores e pedagogos do estado, auxiliando assim na disseminação da proposta do programa”, aponta a pedagoga do SENAR-PR, Josimeire Grein.

Além da sensibilização em Curitiba, estão previstos para a segunda quinzena de maio e para a segunda quinzena de junho de 2018, 15 Seminários Regionais de Educação no Estado. O objetivo é
“Promover a formação continuada de professores, pedagogos e diretores da rede pública e particular de ensino, propiciando o acesso às bases teóricas propostas pelo Programa Agrinho”, observa Josimeri.

Para a assistente da chefia do departamento de educação básica da Secretaria Estadual de Educação, Denise Baganha, a expectativa com estas iniciativas é que aumente a participação de
professores e alunos no programa. “Por ser uma rede, estes coordenadores de núcleo conseguem realizar um trabalho mais direto com professores e pedagogos, com isso conseguem uma adesão bem maior”, avalia.

Clique aqui para conhecer quem são os coordenadores da educação básica do Estado dos 32 núcleos regionais de educação.

Título da Postagem: Todos pelo Agrinho

imprensa@faep.com.br