Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 03/11/2016 - 16h30
Postado em Destaques, Suinocultura

03/11/2016 16h30 - Postado em Destaques, Suinocultura

Suíno Vivo: MT registra preços estáveis nesta 5ª feira, após recuo em RS e alta no PR

Na semana, foi registrado recuo de preços no Rio Grande do Sul, enquanto que Paraná teve valorização na média estadual

As cotações para o suíno vivo fecharam a quinta-feira (03) com estabilidade nas principais praças de comercialização. Na semana, foi registrado recuo de preços no Rio Grande do Sul, enquanto que Paraná teve valorização na média estadual. Nas demais regiões, o cenário é de manutenção de preços para os próximos dias.

Diante desta tendência, as cotações em Mato Grosso também fecharam a semana com preços estáveis. Segundo informações da Acrismat (Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso), a referência de negócios é de R$ 3,25 pelo quilo do vivo.

A Scot Consultoria explica que em São Paulo as cotações estão estáveis entre R$ 77,00 a R$ 79,00/@ há 30 dias. “Mesmo estando no início do mês, as vendas não apresentaram melhora e os compradores seguem fazendo suas aquisições de forma limitada para não acumular estoques”, aponta o boletim.

Já o analista da Safras & Mercado, Allan Maia, a demanda retraída foi o principal fator que contribuiu pra esse cenário, dificultando o repasse de preços ao consumidor final. “Por outro lado, os frigoríficos buscaram controlar seus estoques, adotando uma estratégia de menor procura por suínos vivos, o que contribuiu para reajustes no atacado”, destaca.

O analista de mercado, Fabiano Coser, também aponta que o desempenho das exportações ficou abaixo do esperado em outubro, o que deve dificultar ainda mais a situação aos suinocultores. “O cenário de redução dos embarques internacionais de todas as carnes aliado à crise e ao desemprego dificulta a retomada dos preços pagos aos produtores”, explica.

Em outubro, as exportações de carne suína in natura atingiram 53,3 mil toneladas, segundo dados divulgados pelo Ministério da Indústria e Comércio Exterior e Serviços (MIDIC) na terça-feira. Com isso, houve o recuo de 11,3% em relação a setembro, e alta de 27,1% no mesmo período de 2015.

Fonte: Notícias Agrícolas

Título da Postagem: Suíno Vivo: MT registra preços estáveis nesta 5ª feira, após recuo em RS e alta no PR

imprensa@faep.com.br