Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 14/07/2011 - 12h00
Postado em Notícias

14/07/2011 12h00 - Postado em Notícias

Seminário, para produtores de café do norte pioneiro do Paraná, discute comércio justo

Evento, organizado pelo Sebrae/PR, ACENPP e CONCENPP, acontece no próximo dia 21, em Santo Antônio da Platina, no Parque de Exposições O município de Santo Antônio da Platina vai sediar o 2º Seminário de Comercialização de Café do Norte do Paraná: Fair Trade a Valorização do Pequeno Produtor, que acontece no próximo dia 21 de […]

Evento, organizado pelo Sebrae/PR, ACENPP e CONCENPP, acontece no próximo dia 21, em Santo Antônio da Platina, no Parque de Exposições O município de Santo Antônio da Platina vai sediar o 2º Seminário de Comercialização de Café do Norte do Paraná: Fair Trade a Valorização do Pequeno Produtor, que acontece no próximo dia 21 de julho, no Auditório da Sociedade Rural de Santo Antônio da Platina, que fica no Parque de Exposições (BR-153, km 40).

O fair trade é uma modalidade que busca o estabelecimento de preços justos, bem como de padrões sociais e ambientais equilibrados nas cadeias produtivas. O movimento confere atenção especial às exportações para países desenvolvidos, de artigos de artesanato e produtos agrícolas, principalmente. Odemir Capello, consultor do Sebrae/PR, explica que a nova forma de comércio beneficia os produtores. "Fair trade significa comércio justo e essa certificação representa uma iniciativa que congrega responsabilidade social, sustentabilidade e competitividade para produtores de pequenas propriedades. O próprio consumidor já está se preocupando com a sustentabilidade ao optar pela compra de produtos vendidos por meio dessa modalidade", enfatiza.

Segundo Capello, o objetivo do Seminário é incentivar os produtores da região aderirem à nova prática comercial. "Alguns produtores ficam receosos em buscar a certificação porque imaginam que os custos vão aumentar. No entanto, o fair trade abre novas oportunidades de negócios. Acreditamos que nesse momento, em que os produtores do Norte Pioneiro estão ingressando no mercado internacional, é muito importante informar os cafeicultores sobre as vantagens da nova modalidade de produção e comercialização", argumenta Capello. O presidente da Associação de Cafés Especiais do Norte do Paraná (ACENPP), Luiz Roberto Saldanha Rodrigues, salienta que a prática do fair trade não deve ser encarada como mais uma obrigação, mas como uma forma de se adequar às exigências do mercado. "As adaptações que o selo exige geram quebra de paradigmas e isso é importante para sobreviver na atividade."

Luiz Fernando Leite, presidente da Cooperativa de Produtores do Norte do Paraná (COCENPP), acrescenta que 80% dos cafeicultores da região são produtores de pequenas propriedades e que o fair trade oferece valor agregado e preços diferenciados para o produto. "A modalidade pode estimular ainda mais os produtores porque possibilita um aumento de renda e, consequentemente, melhora a qualidade de vida das famílias que vivem do plantio de café. Além dos ganhos financeiros, também é importante mostrar para os cafeicultores a importância da agricultura sustentável, que não agride o meio ambiente", diz. Ele relata ainda que a certificação é um caminho sem volta. "O fair trade é uma tendência do mercado. Num futuro próximo as certificações serão obrigatórias, pois os consumidores têm direito de saber a procedência dos produtos e de que forma foram produzidos", finaliza.

O 2º Seminário de Comercialização de Café do Norte Pioneiro do Paraná: Fair Trade a Valorização do Pequeno Produtor é uma realização do Sebrae/PR, da ACENPP e da CONCENPP, com o apoio do Sistema Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP), Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar). O evento conta também com o patrocínio da Syngenta, da Palini Alves e do Calcário Guapirama, EKAO Química e Barletta. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas no local, às 8h30.

Fonte: Grupo Cultivar

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom