Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 02/04/2012 - 12h00
Postado em Notícias

02/04/2012 12h00 - Postado em Notícias

Semana começa com altas em Chicago e financeiro indefinido

Nesta segunda-feira, as commodities agrícolas não seguem todas o mesmo caminho. Na Bolsa de Chicago, soja e milho operam em alta, enquanto o trigo recua. Em Nova York, todos os mercados no vermelho.

Grãos em Chicago – Na CBOT, a oleaginosa e o cereal ainda operam digerindo os últimos números divulgados pelo  USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) na sexta-feira (30) e que apontam para uma redução na área de soja nos EUA na safra 2012/13 e ainda um número menor para os estoques trimestrais de milho.

Por volta das 7h30 (horário de Brasília), a soja operava com mais de 13 pontos de alta nos principais contratos, com o vencimento maio, referência para a safra brasileira, cotado a US$ 14,16, subindo 13 pontos. No milho, os ganhos eram mais tímidos e não passavam dos 7,50 pontos.

As informações deram um forte suporte ao mercado na última sexta-feira (30) com a soja chegando a subir quase 60 pontos na sessão regular, enquanto o milho operava em limite de alta, subindo 40 pontos.

O trigo, porém, parece já ter iniciado seu movimento de realização de lucros e opera em leve baixa. Os números do departamento americano também foram favoráveis ao mercado do grão, uma vez que apontaram uma redução de área maior do que o esperado.

Soft Commodities – Na Bolsa de Nova York, quem lidera as perdas é o suco de laranja, perdendo mais de 200 pontos nos primeiros vencimentos. As perdas menos expressivas são registradas pelo açúcar e não chegam a 20 pontos. O café perde pouco mais de 100 pontos nos contratos mais próximos e  o algodão registra leve recuo, com o vencimento outubro em terreno positivo, subindo ligeiros 16 pontos.

Mercado Financeiro – Na Ásia, as principais bolsas de valores encerraram o dia em território misto. Os mercados iniciaram a semana sem uma definição. Algumas sofreram realizações de lucros e outras se apoiaram em dados positivos sobre as economias dos EUA e da China.

Na Europa, o cenário é semelhante, com algumas bolsas em alta e outras em baixa. O início da semana ainda deve mostrar sua direção ao longo dos negócios.

Fonte: Notícias Agrícolas

imprensa@faep.com.br