Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 20/03/2012 - 12h00
Postado em Notícias

20/03/2012 12h00 - Postado em Notícias

Rússia decide proibir importação de gado e suínos da UE

Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia disse que a proibição entraria em vigor devido a temores em relação a vírus que causa defeitos de nascença no gado

A Rússia informou nesta segunda-feira que vai pôr em prática sua ameaça de proibir as importações de gado e suínos vivos dos países da União Europeia (UE). O Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia disse que a proibição entraria em vigor amanhã, devido a temores em relação ao vírus Schmallenberg, que causa defeitos de nascença no gado. A justificativa foi "a ausência de controles de segurança suficientes (…) por parte de serviços relevantes da Comissão Europeia".

A Rússia emitiu seu primeiro alerta há duas semanas, depois de suspender inicialmente as importações de animais vivos e de materiais genéticos de cinco países da Europa Ocidental em janeiro. A ameaça gerou pânico imediato na Letônia – pequeno país báltico em que uma autoridade local disse que poderia perder cerca de dois terços da receita com exportação.

O grupo de especialistas da UE havia então viajado para Moscou na semana passada para tentar neutralizar a disputa sobre a grande insistência da Letônia.

A nota da Rússia classificou a proibição como "temporária", mas não deu indicação de quando deve ser retirada. O país citou uma série de reclamações sobre os padrões de segurança da UE e disse que cabe ao bloco melhorar seus próprios procedimentos e assegurar que as importações de gado e suínos sejam seguras.

A Rússia e a UE travaram várias disputas comerciais nos últimos meses. Moscou irritou especialmente o bloco no último verão quando proibiu quaisquer importações de vegetais da UE antes de um encontro entre as partes em julho. As informações são Dow Jones.

Fonte: O Estado de São Paulo

imprensa@faep.com.br