Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 23/03/2011 - 12h00
Postado em Notícias

23/03/2011 12h00 - Postado em Notícias

Piso salarial subirá 6,9%

E começa a vigorar a partir de 1º de maio

O piso salarial regional terá reajuste de 6,9% neste ano. O índice foi aprovado no último dia 22, por representantes do governo estadual, centrais sindicais, representantes de entidades empresariais, o Superintendente regional do Ministério do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho. Com a proposta, as faixas salariais que variam de R$ 663 a R$ 765, serão elevadas para valores entre R$ 708,74 e R$ 817,78. Para os trabalhadores rurais o novo salário mínimo será de R$ 708,74. Os novos valores serão encaminhados ao governador Beto Richa e, se aprovados pela Assembleia Legislativa, entrarão em vigor a partir do dia 1º de maio.

Na reunião que ocorreu na secretaria do Trabalho e Emprego, a FAEP esteve representada pelo diretor financeiro, João Luiz Rodrigues Biscaia e pelo coordenador do Departamento Jurídico, Klauss D. Kuhnen.                                          

O secretário estadual do Trabalho, Luiz Romanelli, afirmou que o debate entre as representações é uma iniciativa do governador e o acordo entre as partes representa um ganho para os trabalhadores. De acordo com ele, outras reuniões serão realizadas para definir uma política permanente do piso regional.

Os representantes da FAEP enfatizaram que a lei deixa clara em seu art. 4º que o piso regional não se aplica a quem tem piso definido em Lei Federal,  Convenção ou Acordo Coletivo de Trabalho e Servidos Municipais. O piso regional vale para profissionais que não têm base salarial estabelecida por acordos ou convenções trabalhistas.

Confira a proposta do reajuste do piso regional:
Faixas salariais – São quatro faixas utilizadas para definir o piso de cada um dos grupos de ocupações. Se aprovado, o novo salário mínimo será aplicado daseguinteforma:

Grupo I – Formado por trabalhadores na agricultura: R$ 708,74.
Grupo II – São enquadrados os antigos grupos 2, 3 e 4, trabalhadores em serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trabalhadores de reparação: R$ 736,00.

Grupo III – Trabalhadores na produção de bens e serviços industriais: R$ 763,26.
Grupo IV – Composto por técnicos de nível médio: R$ 817,78.
Fonte: Agência Estadual de Notícias

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom