Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 30/09/2010 - 12h00
Postado em Notícias

30/09/2010 12h00 - Postado em Notícias

Missão Internacional

Africanos conhecem CTA de Ibiporã

Grupo de técnicos agrícolas e agrônomos está no terceiro dia de visitas ao interior do Estado

Os agrônomos e técnicos agrícolas da África que percorrem o interior do Paraná desde o início da semana, conhecem nesta quinta-feira (30) o Centro de Treinamento Agropecuário (CTA) do SENAR-PR, localizado em Ibiporã, na região Norte do Estado. O local é estruturado para a realização de cursos de longa duração, com apartamentos para instrutores, dormitórios e refeitórios para os participantes, além das salas de aula e laboratório de informática. Durante a visita, estará acontecendo o curso de mecânica de motores a diesel.

A vinda da missão africana ao Brasil faz parte de um acordo de cooperação internacional firmado pelo SENAR Nacional e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores, que prevê visitas a propriedades rurais e a instituições de ensino brasileiras para transferência de conhecimentos a técnicos e agricultores dos países africanos.

Nesta quarta-feira (29), o grupo esteve em Tibagi, na sede do Sindicato Rural do município. O presidente da entidade e também produtor agropecuário, Ivo Arnt Filho, explicou o funcionamento do sindicato e o trabalho realizado para apoiar o desenvolvimento do produtor rural do município.

Ivo destacou a parceria com o SENAR-PR na realização de cursos de capacitação para ampliar a qualidade do que é produzido no campo. "Precisamos melhorar sempre para que o consumidor receba o melhor produto. E os cursos do SENAR contribuem muito para isso. É uma faculdade a céu aberto", disse. 

A forma de atuação local dos sindicatos despertou interesse entre os africanos. Segundo Jean Charles Faye, da Agência Nacional de Conselhos de Agricultura e Desenvolvimento Rural (ANCAR) do Senegal, em seu país há um sindicato nacional bem estruturado, que funciona de forma semelhante aos do Brasil. "Porém, os comitês regionais que ele congrega não têm tanta força local", explicou Faye.

Ainda em Tibagi, o grupo visitou a propriedade da família Arnt. A fazenda mantém uma verdadeira diversidade produtiva, com a criação de ovinos, para produção de carne e lã, gado de corte e cultivo de milho, soja, trigo, cevada e aveia para consumo humano.

Agenda
Na programação desta quinta-feira (3), a missão africana também deve visitar o Viveiro de Mudas Esplanada, em Nova Fátima, atividade implantada pelo proprietário através do incentivo obtido no Programa Empreendedor Rural do SENAR-PR. Em Nova América da Colina, o grupo participa do encerramento de uma turma do programa Mulher Atual.

imprensa@faep.com.br